13/06/2018 às 09h18min - Atualizada em 13/06/2018 às 09h18min

Copa altera horários dos serviços públicos

Nos dias de jogos da Seleção, repartições terão atendimento especial

DA REDAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Os serviços públicos municipais terão horário alterado de atendimento nos dias em que houver jogos da Seleção Brasileira na Copa da Rússia. Na primeira fase, o Brasil jogará nos dias 17, 22 e 27 de junho. O decreto que estipula a jornada especial dos servidores e o horário de atendimento ao público foi publicado no Diário Oficial do Município do dia 8 de junho.
Nos dias úteis, em que houver jogos da Seleção no período da manhã, o expediente na Prefeitura e demais órgãos da administração direta e indireta será das 13h30 às 18h. Quando os jogos acontecerem à tarde, o horário de atendimento será das 8h às 13h30. Segundo o decreto, o horário alterado não irá gerar prejuízo da prestação dos serviços considerados essenciais e contínuos.
Ainda de acordo com o decreto municipal, os servidores impossibilitados de se submeterem à jornada especial deverão repor as horas não trabalhadas, mediante compensação.  Caberá aos titulares e dirigentes dos órgãos e entidades, cujos serviços são considerados essenciais e contínuos, como unidades de saúde, garantir a integral manutenção e funcionamento, de acordo com a demanda.
 
Estado
 

Nas repartições públicas estaduais o expediente nos dias de jogos do Brasil na Copa terá horários diferentes dos da rede municipal. No dia 22 de junho (sexta-feira), a jornada de trabalho dos servidores será das 14h às 20h. Já no dia 27 de junho (quarta-feira) o expediente vai das 8h às 14h.
Caso a Seleção se classifique para as etapas seguintes, o dia em que o jogo ocorrer às 11h, o expediente será das 14h às 20h. Quando o jogo for às 15h, o expediente será das 8h às 14h.
Segundo comunicado no Diário Oficial do Estado, do dia 9 de junho, as horas não trabalhadas serão objeto de compensação até o dia 31 de dezembro de 2018. Ficam ressalvados os serviços de natureza médico-hospitalar, segurança pública, das Unidades de Atendimento Integrado (UAI Estadual) e demais serviços que compõem a estrutura administrativa do Estado, cujo funcionamento, sob a responsabilidade das respectivas autoridades, seja necessário para manter a continuidade da prestação do serviço.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »