18/05/2018 às 10h01min - Atualizada em 18/05/2018 às 10h01min

Identificado corpo encontrado no Parque do Sabiá

Família procurava pela mulher há mais de cinco meses

​VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
Área onde corpo foi encontrado no Parque do Sabiá, em Uberlândia | Foto: Reprodução/WhatsApp
 
Foi identificada como Glauciene Marcia Soares, de 44 anos, a mulher cujo corpo foi encontrado na tarde desta quinta-feira (17) no Parque do Sabiá em Uberlândia. Ela tinha saído de casa há mais de cinco meses e teve objetos reconhecidos por familiares ainda na noite de ontem. Os restos mortais ainda estavam no Instituto Médico Legal de Uberlândia (IML) até a publicação desta reportagem.

O corpo foi encontrado em uma área verde do parque, ao lado da entrada do bairro Santa Mônica, na zona leste. Não foram encontrados indícios de violência durante a perícia feita pela Polícia Civil. Um funcionário da manutenção do parque localizou o corpo, já em decomposição. Junto ao cadáver estava uma mochila com documentos e dinheiro. Estima-se que ela tenha morrido há mais de 60 dias.

As equipes da Patrulha de Prevenção a Homicídios da Polícia Militar procuraram familiares da mulher cujo documento de identidade foi achado junto ao corpo. O marido de Glauciene Soares reconheceu objetos como roupas e chaves que estavam junto ao corpo. Ele informou aos militares que a mulher tinha lúpus e apresentava quadro depressivo.

Ainda que a hipótese de suicídio não seja descartada, a doença crônica pode ter levado a mulher à morte. Muitos medicamentos foram encontrados ao lado do corpo, mas aparentemente nenhum seria para o tratamento de lúpus. A PM ainda levantou informações de que Glauciene Soares vivia nas ruas nos últimos tempos, mas usava o Parque do Sabiá como local para dormir. A família deve procurar o IML para oficializar o reconhecimento dos restos mortais.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »