26/04/2018 às 11h10min - Atualizada em 26/04/2018 às 11h10min

Pimenta-do-reino traz benefícios à saúde

Moída ou em grão, especiaria é muito utilizada na culinária para agregar sabor a preparos de carnes

LETÍCIA NAÍSA | FOLHAPRESS
  
A pimenta-do-reino é uma das especiarias mais antigas de que se tem conhecimento e, além de conferir mais sabor e picância a pratos, pode influenciar na saúde, estimulando a circulação do sangue, entre outros benefícios. O consumo em excesso, porém, pode desencadear problemas gastrointestinais.

Por sua coloração, obtida após a secagem do fruto ao sol, a iguaria também é chamada de pimenta preta. No mercado, é possível encontrá-la moída, em pó ou em grãos. E é ela, também, um dos principais ingredientes do curry - mistura de codimentos muito usada na culinária asiática.

Segundo a nutricionista Jane Carvalho, a utilização dessa pimenta na cozinha é variada: "Em grãos, é boa para molhos e temperos. Moída, pode ser usada no preparo de carnes de frango e de coelho. Em pó, cabe a sopas de carne e vai bem em feijão, ovos, frutos do mar, ensopados ou cozidos, salsicha e linguiça".

A profissional explica que, na realização de receitas, esse tempero deve ser acrescentado ao final, para não perder propriedades nutricionais. Além disso, a ele é atribuída a função de ajudar na conservação dos alimentos.

"Para a saúde, ele ajuda na absorção de vitaminas B e C, estimula a circulação sanguínea, promove relaxamento da musculatura, ameniza dores e reduz a sensação de fadiga", afirma a nutricionista. Muitos desses benefícios se devem ao potássio contido na pimenta, que auxilia, ainda, no controle da frequência cardíaca e arterial. Há nela, também, ferro e manganês.

A principal contraindicação é para quem tem gastrite, úlcera no estômago, colite, diverticulite e hemorroidas. "Se consumida em excesso, ela causa irritação gastrointestinal e sangramento. Para que não faça mal, é melhor consumi-la na forma triturada", aconselha Jane. Confira nestas páginas duas receitas saborosas em que o tempero dá um toque especial ao prato.
 
RECEITAS
 
Macarrão à carbonara

Ingredientes
110 g de espaguete
80 g de bacon
2 gemas de ovo
2 col. (sopa) de queijo parmesão
Pimenta-do-reino (quanto bastar)
Sal (quanto bastar)
 
Modo de preparo
Durante o cozimento do macarrão, frite o bacon em uma frigideira até que fique crocante. Reserve. Em uma tigela, coloque as gemas, uma pitada de pimenta, uma colher de queijo e uma pitada de sal. Mexa até a mistura ficar homogênea (caso fique muito seca, acrescente um pouco de água do cozimento do espaguete). Quando a massa estiver cozida, misture-a ao bacon e ao creme. Caso o prato esteja muito seco, continue acrescentando a água do macarrão até que chegue a uma consistência cremosa. Emprate e finalize com a outra colher de queijo e com a pimenta-do-reino a gosto.

Risoto de banana-da-terra

Ingredientes
1 banana-da-terra madura
50 g de cebola cortada em cubos
60 g de arroz arbóreo
70 ml de vinho branco seco
Caldo de legumes a gosto
50 g de parmesão ralado
2 col. (sopa) de manteiga
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Azeite extravirgem a gosto

Modo de preparo
Corte a banana em cubos pequenos. Aqueça uma frigideira, adicione meia colher de manteiga e sue meia cebola. Adicione a banana, o sal e duas conchas de caldo de legumes. Deixe secar em fogo baixo e reserve. Na mesma frigideira, agora vazia, acrescente meia colher de manteiga e sue a outra metade da cebola. Adicione o arroz arbóreo e mexa bem. Despeje o vinho e espere secar. Coloque mais caldo de legumes aos poucos, mexendo sempre, por 15 minutos. Acrescente a banana e, quando os grãos estiverem al dente [estado em que preservam certa firmeza], coloque o parmesão. Acerte o sal e a pimenta. Desligue o fogo e adicione o resto da manteiga, de preferência gelada, e um fio de azeite.
Dica: Para decorar e dar sabor extra ao prato, você pode colocar folhas de sálvia ou de alho-poró fritas sobre ele. Basta usar dois punhados delas e fritá-las no óleo de girassol com quantidade opcional de sal.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »