21/04/2018 às 05h53min - Atualizada em 21/04/2018 às 05h53min

Dentil/Praia preparado para a final da Superliga

Equipe uberlandense precisa vencer partida em casa para levar decisão ao set de desempate

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Equipe fez a melhor campanha na primeira fase e já derrotou o Sesc Rio na temporada | Foto: Ascom/Praia

Uma Arena Sabiazinho lotada por 6 mil torcedores é o combustível que o Dentil/Praia Clube espera para bater o Sesc Rio e comemorar o título inédito da Superliga Feminina de Vôlei. O duelo final acontece às 9h10 de amanhã, com transmissão ao vivo pela Rede Globo. Os ingressos para a partida se esgotaram ainda na quinta-feira (19).

Equipe de melhor campanha ao longo da competição, o Praia acabou perdendo o primeiro jogo da final, no Rio de Janeiro, por 3 sets a 1. Amanhã, a equipe comandada por Paulo Coco precisa vencer para levar a decisão para o Golden Set, ou set de desempate.

Ontem, o time realizou o último treinamento na Arena Sabiazinho. Segundo o treinador Paulo Coco, a equipe já se adaptou ao palco da finalíssima, onde ainda não jogou neste ano.

“Gostaríamos de ter um contato maior, mas não é isso que fará a gente vencer e conquistar o título. Já nos adaptamos às diferenças de espaço e referências. Agora é pensar no Rio de Janeiro, que é um time que tem um grande volume de jogo, para que possamos tentar anular o que eles têm de melhor. Precisamos jogar melhor e estamos nos preparando para isso”, disse Coco, que falou ainda sobre a relação passe e bloqueio do time, que precisa melhorar.

“Foi uma situação que acabou fazendo muita diferença em favor deles no primeiro jogo. Nosso saque precisa entrar com maior efetividade, pois o Rio tem um bloqueio muito forte e que nos proporcionou muitas dificuldades. Aqui precisaremos melhorar para fazermos um jogo mais equilibrado”, afirmou.

Capitã da equipe, a central Walewska estava na final da temporada 2015/2016, quando o time carioca bateu Praia. Para ela, o fato de o Praia jogar em casa pode fazer a diferença, como vem acontecendo ao longo da competição. “Só perdemos um jogo em casa, que foi justamente para elas no final da segunda fase, quando já estávamos com a primeira colocação garantida. Ter a torcida a nosso favor só traz coisas positivas e a tendência, se soubermos utilizar bem isso, é que o nosso jogo flua com maior naturalidade, pois no primeiro jogo não tivemos a tranquilidade necessária.”
 
TORCEDORES
 
Entre os torcedores praianos, a confiança na conquista do título inédito está plena. No treinamento da equipe, na Arena Sabiazinho, na manhã de ontem, um grupo fez questão de se fazer presente e já dar aquela força para as meninas do Praia. Todos eles já têm ingressos garantidos para a grande final. “Não tenho dúvidas de que o Praia irá vencer o jogo, o Golden Set e que vamos comemorar muito este título aqui no Sabiazinho. Jogar em casa vem fazendo toda a diferença para o time”, disse a motorista Maria Salete.

Figurinha carimbada em todos os jogos do Praia Clube, a funcionária pública aposentada Roseli Resende segue na mesma linha de Salete e está convicta do título. “Chegou a nossa hora. O Rio de Janeiro irá conhecer a derrota na final da Superliga. O Praia já faz por merecer chegar ao título, o que será um presente para o clube e à nossa cidade, que vive a carência de uma conquista como esta. Estarei aqui no dia do jogo gritando muito para dar força para as nossas meninas.”

Já o bioquímico Gutierres Guimarães espera um jogo muito difícil, disputado em cinco sets, mas ao final, ele acredita que o Praia é quem vai comemorar. “O Rio é muito bom, mas o Praia também é e vem demostrando isso ao longo da Superliga, que tem poder de reação. Acredito que as equipes vão travar um jogo equilibrado, mas que ao final a nossa casa lotada fará a diferença”, disse.
 
CAMPANHAS 
 
Praia Clube
 
Jogos: 30
Vitórias: 26
Derrotas: 4
Sets vencidos: 80
Pontos marcados: 2.499
 
Sesc Rio
 
Jogos:  28
Vitórias:  26
Derrotas: 2
Sets vencidos:  78
Pontos marcados:  2.173
 
(*) O Praia Clube disputou mais sets do que o Rio de Janeiro ao longo da Superliga.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »