12/04/2018 às 05h39min - Atualizada em 12/04/2018 às 05h39min

Verdão investe na análise de desempenho

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Osmar Coelho é especialista na aplicação de dados em esquemas táticos | Foto: Éder Soares

Osmar Coelho de 36 anos é analista de desempenho do técnico Felipe Surian, na disputa do Campeonato Brasileiro – Série D. O Verdão estreia na quarta divisão nacional no dia 22 deste mês, às 16h, no Estádio Parque do Sabiá, contra o Atlético (ES). Ele tem a missão de estudar, elaborar e aplicar técnicas e táticas no esquema no clube. A função é uma influência dos clubes do futebol europeus que analisam o desempenho de treinamentos e jogos para transformar dados em informações preciosas durante as partidas.

“Esse trabalho tem como finalidade principal melhorar a performance dos atletas, criar um esquema tático eficiente para a equipe e servir de ajuda para que o treinador possa tomar boas decisões”, disse Osmar Coelho, que depois de se aposentar como jogador no ano passado investiu em cursos de capacitação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para evoluir no esporte. No verdão ele também acumula a função de auxiliar técnico. 

Ele era lateral direito e acumula quatro acessos em divisões do Campeonato Brasileiro. São dois da Série B para a Série A, com o Santa Cruz (PE) e Portuguesa (SP), um da Série C para a Série B com o Tupi (MG) e o último, em 2016, como campeão invito da Série D pelo Volta Redonda, onde era comandado por Felipe Surian.

“Você precisa detectar os pontos fortes e fracos da sua equipe, algum setor onde exista alguma instabilidade e que precise ser corrigido. Nesta série D teremos edição de jogadas individualizadas e envidas para todos os jogadores via WhatsApp, em cada setor que ele irá enfrentar na partida. Isso tudo para que possa existir uma melhora individual e automaticamente coletiva”, disse o analista.

Felipe Surian afirma que não trabalha sem os dados. “No futebol moderno você precisa estar atento à todas as tendências e se forem pertinentes elas precisam ser aplicadas de forma correta. O trabalho do Osmar, nos municiando com dados individuais dos nossos atletas e de adversários, são muito importantes ao longo de uma competição e precisam ser bem interpretados, caso contrário podem até ser um tiro contra si”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »