03/04/2018 às 17h18min - Atualizada em 03/04/2018 às 17h18min

Ana Hikari se despede de 'Malhação' com sensação de dever cumprido

De raízes mineiras, comprometimento, dedicação e foco são características chave na vida da atriz

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Ana Hikari nasceu em São Paulo e tem raízes em Minas Gerais, para onde sempre volta | Foto: Divulgação

Aos 23 anos a atriz Ana Hikari está em uma das melhores fases de sua carreira. A personagem Tina, de “Malhação - Viva a diferença” rendeu a ela reconhecimento nacional e um horizonte de novas possibilidades dentro da atuação não só na televisão como também no teatro, onde começou aos 12 anos, e também para o cinema.

Nascida em São Paulo (SP), Ana tem raízes em Minas Gerais com família em cidades como Estrela do Sul, Araguari e Uberlândia. Na última semana, ainda de férias, ela visitou a região e esteve na redação do jornal Diário de Uberlândia para uma entrevista exclusiva.

“A repercussão da Tina me surpreendeu positivamente principalmente porque foi uma temporada de ‘Malhação’ que teve a média de 21 pontos de audiência alcançando recorde no Nordeste. Esse apoio do público me deixa muito feliz”, contou Ana Hikari que se orgulha de ter sido a primeira protagonista oriental da Globo. “É muita responsabilidade”, completou Ana que é graduada em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Com a Tina ela viu suas redes sociais decolarem de 600 seguidores para quase um milhão, mas não pense que é um trabalho fácil. “É preciso dedicação e concentração constantes. Percebo que os frutos que colho agora são de sementes que tenho plantado no decorrer dos anos e de muito estudo”, afirmou a atriz.

Segundo Ana, espera-se dos atores jovens uma postura mais descontraída por ser algo próprio da idade. Porém, ela colheu elogios  do elenco dos mais experientes por seu foco. “Eu tenho um caderno em que anotava s cenas, é o caderno de continuidade, algo que veio do teatro. Ali descrevo absolutamente tudo sobre a cena com o máximo de detalhes”, explicou.

No início, para as cenas mais difíceis, ela se apegava a uma playlist musical que tocava no seu celular. De Cartola a Seu Jorge, não faltava drama. “Com o tempo já não precisei mais dela. Já estava mais envolvida com a personagem”, comentou.

Outro ponto crucial para a atriz foi cuidar da boa forma, do corpo e da mente para conseguir, como ela disse, “viver duas vidas em um ano”. “A malhação me ajuda a ficar mais disposta e a alimentação é saúde. A Tina passou por muitas transformações, principalmente quanto aos cabelos. Se não tivesse uma alimentação balanceada acho que estaria careca”, brincou.

FAMÍLIA

No final da temporada Tina teve que lidar com uma situação de racismo porque a mãe não aceitava o namorado negro. “Assuntos como este devem ser discutidos, é importante falar sobre isso em um diálogo aberto”, disse a atriz que é fruto das maravilhosas misturas brasileiras com sangue africano, japonês e brasileiro.

O pai é negro e a mãe nissei (filha de japoneses). E não foi só na ficção que Ana teve que lidar com o problema do racismo. Em fevereiro compartilhou em suas redes sociais sua indignação pelo pai ter sido vítima de racismo em um restaurante e também falou da importância de denunciar esse crime.

“Sempre tive muito orgulho disso, de ver o meu pai estudar e ter reconhecimento, um negro muito empoderado mesmo”, diz ela sobre o professor de cinema da USP Almir Almas, que junto com a irmã caçula de Ana, Aracy, acompanhou a atriz na redação do Diário. A mãe da atriz, Makiko Takenakam, é dentista e cultura é algo que nunca faltou em sua casa.

“Minha família é meu porto seguro. Minha irmã sempre me ligava para falar do que achou da minha performance sempre que os capítulos iam ao ar”, comentou Ana Hikari.

A atriz já esteve no Japão quando era criança. O pai, fluente em japonês, estudou lá quando ela tinha entre 3 e 4 anos de idade. “Eu lembro de algumas coisas, mas quero muito voltar lá em breve, de preferência a trabalho”, contou.

FUTURO
 
No caminho trilhado até agora a atriz Ana Hikari agradece o carinho recebido pelos seus fãs e seguidores e por toda a energia que passam para ela. “São pessoas incríveis que me acompanham sempre e com as quais tento estabelecer mais contato principalmente pelas redes sociais”, comentou.

Das visitas aos familiares em Minas Gerais Ana Hikari partiu para a Bahia para curtir mais uns dias de férias. Afinal, o ano está somente começando e ela tem muitos planos.

“Por enquanto não posso adiantar nada, mas tenho projetos encaminhados para televisão, teatro e cinema e quero trabalhar muito”, afirmou.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »