03/04/2018 às 09h51min - Atualizada em 03/04/2018 às 09h51min

Chuvas de abril antecedem período seco

Meteorologista indica que frente fria ainda faz chover nesta semana

MARIELY DALMÔNICA | REPÓRTER

Com a chegada do outono, moradores do Sudeste e, principalmente, do Cerrado se preparam para uma época seca. De acordo com informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), chuvas isoladas devem durar só até meados de abril.

Segundo Luiz Ladeia, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as chuvas que caem por aqui, em sua maioria, se originam na área Amazônica e ainda mantém um fluxo de umidade normal, mantendo uma média de 50%. “A chuva costuma ir de outubro a março, em abril ainda ocorre, mas são mais isoladas.” Ladeia disse ainda que nesta semana haverá alguma mudança no clima. “Há uma frente fria vindo e uma tendência de chuva até a sexta-feira (6) em toda a região Sudeste.”

Mas as águas logo se despedem para dar lugar ao clima árido. Ainda segundo o meteorologista, o outono será bem parecido com o último ano. “A partir de 15 de abril o clima deve ficar ainda mais seco e aí sim a umidade ficará baixa”, afirmou.

CUIDADOS

De acordo com o pneumologista Thulio Cunha, há mais casos de resfriados quando a umidade relativa do ar está por volta de 30%. O que ainda não é a previsão para hoje, já que a previsão mínima é de 40% “Entre maio e setembro a umidade fica mais baixa e as pessoas estão mais propensas a resfriados.”

A técnica em enfermagem Rúbia Ribeiro é mãe da Esther, de 4 anos, e da Maria Fernanda, de 3 meses. As duas estavam resfriadas no mês passado. “Devido ao tempo seco, minha família toda gripou. Para evitar mais um resfriado nós estamos deixando o ambiente limpo e úmido, e fazendo inalação nas meninas.” Como profissional de saúde, Rúbia também sabe da importância da vacina da gripe. “Todos os anos nós nos vacinamos, diminuímos as chances de uma gripe e ainda incentivamos a nossa filha”, contou.

VACINAÇÃO

Segundo Cunha, a vacina contra a influenza é fundamental aos grupos preconizados. “Ela protege contra aquela os vírus da gripe e deve ser tomada agora, antes que o tempo fique mais seco”, afirmou o pneumologista.

A campanha de vacinação contra a influenza inicia em 16 de abril e vai até 25 de maio e será disponibilizada pela rede pública de saúde, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde.

O público alvo prioriza pessoas acima de 60 anos, gestantes, puérperas, crianças de seis meses a menores de cinco anos, portadores de comorbidades clínicas, trabalhadores de saúde que atuam em serviços com atendimento público e professores.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »