29/03/2018 às 18h39min - Atualizada em 29/03/2018 às 18h39min

SUS vai oferecer mais 10 modalidades de terapias

Profissionais ainda serão treinados para atender público de Uberlândia

MARIELY DALMÔNICA | REPÓRTER
Centro de Referência de Práticas Integrativas Complementares em Saúde oferece tratamentos alternativos | Foto: Reprodução/Facebook

Os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) devem ter acesso a dez novas Práticas Integrativas e Complementares (Pics) neste ano em Uberlândia. A inclusão foi anunciada neste mês pelo SUS, mas ainda não há previsão para o início dos atendimentos. As novas modalidades são: apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, ozônioterapia e terapia de florais.

Desde 2016, Uberlândia conta com o Centro de Referência de Práticas Integrativas Complementares em Saúde (CRPICS), que fica localizado no Centro da cidade. Atualmente, o CRPICS oferece tratamentos como acupuntura, auriculoterapia, meditação, homeopatia, danças circulares, arteterapia, medicina antroposófica massoterapia e reiki. Em 2017, 25.592 pacientes foram atendidos por 117 profissionais capacitados.

“Um formulário será disponibilizado na internet para profissionais que tenham interesse em aplicar as dez novas práticas integrativas”, disse a coordenadora do CRPICS em Uberlândia, Wilma Nunes. Os profissionais de saúde que não tiverem capacitação para exercer as práticas podem fazer cursos, disponibilizados pelo Centro.

Segundo Wilma, no entanto, nem todas as práticas são oferecidas no Centro de Referência. Algumas são feitas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e podem ser aplicadas apenas por profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais, educadores físicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e técnicos em enfermagem.

Para ser atendido no Centro de Referência o paciente precisa receber a recomendação de um profissional de saúde com ensino superior e cadastro na rede. “O paciente precisa procurar a unidade de saúde mais próxima para ser encaminhado para o CRPICS”, completou Wilma.
 
SERVIÇO

Saiba mais sobre as 10 novas práticas oferecidas pelo CRPICS
 
- Apiterapia – utiliza produtos produzidos pelas abelhas nas colmeias como a apitoxina, geléia real, pólen, própolis, mel e outros.
- Aromaterapia – uso de óleos essenciais extraídos de vegetais que promovem
bem estar e saúde.
- Bioenergética – por meio da psicoterapia corporal e exercícios terapêuticos, ajuda a liberar as tensões do corpo e facilita a expressão de sentimentos.
- Constelação familiar – técnica de representação das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais.
- Cromoterapia – utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo.
- Geoterapia – usa a argila com água em ferimentos, cicatrização e lesões.
- Hipnoterapia – técnica que induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado e permite alterar comportamentos indesejados.
- Imposição de mãos – promove bem estar por meio da imposição das mãos próximo ao corpo da pessoa para transferência de energia para o paciente.
- Ozonioterapia – mistura de oxigênio e ozônio por diversas vias de administração com finalidade terapêutica, promove melhoria de diversas doenças.
- Terapia de Florais – uso de essências florais, auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »