11/03/2018 às 05h47min - Atualizada em 11/03/2018 às 05h47min

Verdão joga tudo para não cair

Lanterna na competição time tem de vencer e torce pela derrota de um entre os 4 concorrentes

ÉDER SOARES | REPÓRTER

A torcida do Uberlândia Esporte Clube aguarda apreensiva a última do Campeonato Mineiro, que acontece hoje, com todas as seis partidas às 17h. O Verdão é o lanterna da competição com nove pontos e tem uma briga direta pela permanência na elite do Estadual diante da Caldense, penúltima colocada com dez pontos. A partida será no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas. A Veterana do sul de Minas ainda não conquistou nenhuma vitória jogando em casa neste campeonato, com três empates e duas derrotas.
 
Para escapar da degola o UEC precisa bater a Caldense e torcer para que pelo menos um entre os quatro concorrentes à frente na tabela tropecem na rodada. Patrocinense (7º) e a URT (8º), ambos com 12 pontos, precisam perder seus confrontos. Abaixo, Villa Nova (9º) e Democrata (10º), ambos com dez pontos, precisam, no mínimo, empatar seus confrontos. Em caso de vitória, o Verdão terá vantagem sobre os concorrentes que permanecerem com 12 pontos porque ficará à frente no primeiro critério de desempate que é o número de vitórias, podendo chegar a 12 pontos com quatro triunfos, contra três dos adversários.
 
A Patrocinense recebe o Cruzeiro, líder da competição, em Patrocínio. A URT joga em Patos de Minas diante do Boa Esporte, equipe classificada. O Villa Nova recebe o América, vice-líder e também garantido nas quartas de final, em Nova Lima. Já o Democrata vai até Juiz de Fora, onde encara o Tupi, sexto com 13 pontos e que ainda precisa se garantir no G8.
 
Existe ainda a possibilidade do Uberlândia se classificar entre os oito primeiros colocados, mas para isso é preciso acontecer uma combinação incrível de resultados entre os quatro concorrentes à frente na tabela. O presidente do Verdão, Flávio Gomide, acredita no sucesso da equipe em Poços de Caladas. “Poderíamos estar em uma situação mais confortável, mas por algumas situações não foi possível. Nossa equipe evoluiu muito tecnicamente com a chegada do Zé Teodoro e tenho certeza que faremos um grande jogo contra a Caldense e que voltaremos para Uberlândia com a nossa permanência na primeira divisão”, disse Gomide.  
 
REBAIXAMENTOS
 
Caso o Verdão não consiga a vitória em Poços de Caldas e seja rebaixado, será o quinto descenso do clube em 21 anos. Em 1997, o time caiu pela primeira vez para a segunda divisão, depois vindo mais três degolas: 2002, 2006 e 2010. Em 2015, depois de cinco anos no Módulo II, o Verdão se sagrou campeão do Campeonato Mineiro – Módulo II e retornou à elite do Estadual. Logo no primeiro ano (2016), lutou na última rodada para não cair. O time foi derrotado pelo Tombense por 2 a 1, em Tombos, e só não foi rebaixado porque o Cruzeiro bateu o Boa Esporte, em Varginha, evitando a queda do UEC.
 
EQUIPE 

Escalação só momentos antes da partida

Para a partida decisiva, o técnico Zé Teodoro terá o retorno do volante João Paulo e possivelmente de Leandro Santos, também volante, que está recuperado de uma torção no pé direito. Embora o time venha de derrota para o Atlético por 2 a 0, na última quinta-feira (8), no Estádio Parque do Sabiá, o treinador tem elogiado a postura da equipe e prefere deixar divulgar a escalação somente momentos antes da partida.

“Temos boas opções para este jogo, com a volta de alguns jogadores importantes. Estamos estudando a Caldense, que está na mesma situação que a gente, mas entendo que temos um bom time e qualidade para fazer um jogo consciente e inteligente para sair de Poços com a vitória que nos garante na primeira divisão. Estou confiante na equipe, pois eles vêm dando uma resposta nos últimos jogos”, disse Zé Teodoro.
 
CALDENSE 

Pressionado pela sua torcida, já que ainda não conseguiu vencer nenhum jogo em Poços de Caldas no Campeonato Mineiro desse ano, a Caldense quer mudar o quadro diante do Verdão, vencer e evitar o rebaixamento ao Módulo II de 2019. Para isso, o técnico Roberto Fonseca entra com a velha estratégia do mistério, a exemplo de Zé Teodoro. A princípio, o treinador não tem nenhum desfalque para a partida. Os dois últimos treinamentos da equipe, no CT Ninho dos Periquitos, foram fechados para a imprensa.

Apesar de esconder os trabalhos, segundo membros da imprensa de Poços de Caldas, a equipe deverá ser a mesma que foi derrotada na última rodada por 2 a 0, pelo América, em Belo Horizonte. O meia Arilson tomou pancada na perna direita, mas deve jogar.
 
PUNIÇÃO 

O assistente Leonardo Henrique Vieira, que errou ao anular um gol legítimo do Uberlândia Esporte Clube, aos oito minutos do primeiro tempo da partida contra o Atlético, na noite da última quinta-feira, foi afastado pela comissão de arbitragem da FMF. O anúncio foi feito pelo presidente da comissão da entidade, Giuliano Bozzano, que logo após o jogo, vendo as imagens da jogada, reconheceu o erro do árbitro assistente e garantiu que ele não trabalhará mais na competição.
 
FICHA TÉCNICA 

UEC
Roni Turola; Cesinha, Bruno Costa, Ferron e Rogério; João Paulo, Leandro Santos (Silvano), Alê e Marco Goiano; Ricardinho e Alfredo.
Técnico: Zé Teodoro
 
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Auxiliar 1: Felipe Alan Costa
Assistente 2: Sidmar dos Santos Meurer
 
Caldense
Omar; Jefferson Feijão, Marcelinho, Robinho e Jhonatan; Jean Henrique, Charles, Arilson e Marquinho; Michel e Maxuel.
Técnico: Roberto Fonseca
 
Última rodada Campeonato Mineiro
 
Hoje 17h  Caldense x    Uberlândia
Hoje 17h  Villa Nova    x    América
Hoje 17h  Tupi x    Democrata
Hoje 17h  Patrocinense  x    Cruzeiro
Hoje 17h  Atlético x    Tombense
Hoje 17h  URT  x    Boa Esporte

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »