15/02/2018 às 19h16min - Atualizada em 15/02/2018 às 19h16min

11 pessoas morrem em acidentes no Carnaval

WALACE TORRES | EDITOR

Onze pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais em Minas Gerais durante o período de Carnaval. O número é 52% menor que o verificado no feriado do ano passado, quando 23 pessoas perderam a vida nas BRs que cortam o Estado. De acordo com o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no período de 9 a 14 de fevereiro ocorreram 175 acidentes (ano passado foram 340) e 201 pessoas tiveram ferimentos (em 2017, foram 386 feridos).

A maior parte dos acidentes com morte aconteceu no trecho duplicado da BR-381, entre Belo Horizonte e São Paulo – foram quatro mortes. As colisões frontais e atropelamento de pedestres resultaram em oito mortes. O acidente mais grave aconteceu na BR-267, em Juiz de Fora, numa colisão frontal entre uma ambulância e um automóvel que deixou três mortos.

Ao longo do período de Carnaval a PRF registrou ainda 8.853 imagens captadas por radar por excesso de velocidade nas rodovias mineiras. Também foram aplicadas 1.281 multas por ultrapassagens proibidas, além de 120 autuações por embriaguez ao volante, das quais 12 pessoas foram presas.
 
TRIÂNGULO MINEIRO
 
Mais de 900 motoristas foram flagrados por excesso de velocidade nas três rodovias federais que cortam a região durante o período de Carnaval. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, foram captadas 933 imagens de radar entre os dias 9 e 14 de fevereiro nas BRs 050, 365 e 153. Durante o feriado, a PRF registrou 15 acidentes (cinco a menos que no Carnaval do ano passado) que deixaram 13 pessoas feridas (em 2017, foram 17 feridos). Pelo segundo ano consecutivo, não houve mortes na área de cobertura da 17ª Delegacia da PRF.

Já na BR-365, na região de Monte Carmelo, área sob a jurisdição da Delegacia de Patos de Minas, uma colisão entre uma carreta e um veículo de passeio provocou a morte de duas pessoas.

O balanço aponta ainda 46 autuações por ultrapassagem em local proibido e outras 27 por falta do uso do cinto de segurança. Treze pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante ou por se recusar a fazer o teste do bafômetro.

Já na área de cobertura da Polícia Militar Rodoviária foram registrados oito acidentes em rodovias estaduais, resultando em 11 pessoas feridas e uma morte. No ano passado, quatro pessoas morreram e 9 ficaram feridas durante o Carnaval em rodovias estaduais. Seis pessoas foram flagradas por embriaguez ao volante e 47 foram autuadas por conduzir sem carteira de habilitação. Nas oito estradas estaduais a polícia também captou 265 imagens de radar por excesso de velocidade.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »