03/02/2018 às 05h43min - Atualizada em 03/02/2018 às 05h43min

Praia e Minas Tênis fazem 4º clássico da temporada

Histórico em 2017/2018 está empatado com duas vitórias para cada lado

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Praia Clube tenta se manter invicto e conquistar a 18ª vitória na Superliga / Foto: Ascom/Praia

Dentil/Praia Clube e Minas Tênis fazem o clássico da sétima rodada do segundo turno da Superliga Feminina de Vôlei, na tarde de hoje, às 15h, na Arena Praia.

O time uberlandense segue líder do certame com 48 pontos, sendo 17 vitórias em 17 jogos disputados. Já o Minas é o terceiro na tabela de classificação com 40 pontos (13 vitórias e cinco derrotas), tendo feito uma partida a mais do que o Praia. O jogo, que completa a rodada, será transmitido ao vivo pelo canal RedeTV, e a classificação citada não leva em consideração os jogos realizados na noite de ontem.

Este será o quarto confronto na temporada 2017/2018 entre os rivais e, por enquanto, a disputa segue empatada. Pelo Campeonato Mineiro, no final do ano passado, o Minas levou a melhor vencendo os dois jogos e se sagrando campeão mineiro. Já nos dois últimos confrontos, válidos por competições nacionais, o Praia não deu chances. Foram duas vitória praianas por 3 sets a 0, uma pela Copa Brasil, em Lages (SC), e a outra pelo primeiro turno da Superliga, em Belo Horizonte.

Diante de um confronto tão parelho, o técnico Paulo Coco espera que o time praiano tenha equilíbrio em todos os fundamentos. “É um duelo de gigantes, sem dúvidas, entre duas equipes que se conhecem muito e o que tende a nos levar para um jogo muito disputado. É claro que jogando em casa, com o calor do nosso torcedor, temos um incentivo a mais, mas dentro do jogo precisamos ser equilibrados e ter um bom volume de jogo”, disse.

Ponto de segurança no ataque praiano, a ponteira Fernanda Garay afirma que o Praia não pode ter como referência o último confronto entre as equipes, quando, pela Copa Brasil, o Praia venceu, fácil, por 3 sets a 0. “Cada jogo é uma história diferente. É preciso esquecer tudo e pensar somente no presente. Será também uma ótima oportunidade, jogando em casa, de apagar a imagem deixada na final do Mineiro, quando acabamos perdendo para elas.”
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »