02/02/2018 às 05h06min - Atualizada em 02/02/2018 às 05h06min

Ana Teixeira estreia na literatura

No livro 'Minhas Duas Avós', autora debate por meio de uma história real as novas configurações de família

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Ana Teixeira rodeada pelos netos que inspiraram seu primeiro livro; evento de lançamento acontece em Uberlândia / Foto: Divulgação

Ana Teixeira é artista visual há praticamente duas décadas. Porém, antes de seguir o caminho da arte, fez de tudo um pouco. Amanhã ela lança, em Uberlândia, seu primeiro livro, “Minhas duas avós” (Ed. Pólen, 32 páginas, R$ 35), que fala um pouco sobre as novas configurações de família através de sua própria experiência.

As duas avós são Ana e sua mulher, Paula. No livro elas vivem na fictícia Casa das Formigas com ilustrações criadas por Ana e seus dois netos mais velhos, Bruno e Tomás.

 “Quando meu marido morreu, o Tomás tinha dois anos e Bruno era um bebê ainda. Foi um período de luto muito difícil e eles ficavam comigo no ateliê durante um bom tempo. Eles são filhos do meu enteado, mas são tão netos quanto os filhos dos meus filhos”, comenta a artista.

Quando começou a namorar Paula, os netos tiveram que lidar com um certo estranhamento. “O Bruno perguntava pelo marido da Paula e eu explicava que ela era minha namorada. Um dia ele disse: ‘mas você é menina e menina não namora menina’. E eu disse: namora sim”, recorda.

O relacionamento foi aos poucos, de forma suave e tranquila, contando com a compreensão das crianças e de toda a família.

“É um tema ainda pouco discutido essa nova configuração de família. Mesmo na literatura temos poucos exemplos no Brasil. Vi nessa história uma chance de dividir com as pessoas essa experiência sem forçar a barra e mostrar que a informação e o respeito tornam tudo menos complexo”, comentou.

Atualmente Ana e Paula dividem uma casa grande com quintal e ateliê, onde os cinco netos vão pelo menos uma vez por semana para desenhar e brincar. A ideia de ter desenhos de Bruno e Tomás em “Minhas duas avós” veio dessa experiência deles junto da arte. “É muito gratificante vê-los contemplar o livro e um incentivo para outras crianças que descobrem que também podem ter seus trabalhos em livros”, disse Ana.

A obra ficou pronta há dois anos, quando Tomás tinha 9 anos e Bruno, 7. Não foi fácil conseguir uma editora porque as portas para este tipo de assunto não estão tão abertas como todos tentam deixar transparecer. “Não queria lançar independente e ouvi de muitos editores que o livro estava lindo, mas não podiam publicar porque o tema não vende, as escolas não aceitam e estariam comprando briga com o comercial”, recorda a autora. 

“A exceção foi a editora Pólen, que trabalha com temas voltados para o feminismo e que vão fazer a diferença na vida das pessoas”, conta Ana. 

A ARTISTA

Natural de Caçapava (SP) e radicada na capital paulista, Ana Teixeira morou em Uberlândia entre 1982 e 1996. Por aqui ainda preserva grandes amizades.

Seus filhos tiveram uma infância feliz no bairro Umuarama, onde ela teve uma locadora de vídeos e um ateliê, antes de trabalhar na TV Universitária. 

“Costumo dizer que fiz um percurso tardio. Comecei Serviço Social e não terminei. Me casei com 20 anos com meu primeiro marido, tive meus filhos e sabia que queria trabalhar com arte, só não sabia como”, recorda.

Ana Teixeira é artista, formada pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP) e mestra em Poé- ticas Visuais pela mesma universidade. Seu trabalho transita por diferentes meios, com interesse particular pelo desenho e pela arte participativa, tendo a literatura e o cinema como suas principais referências.

Nos últimos anos participou de exposições e residências em diferentes partes do mundo.

OFICINA GRATUITA

Além do lançamento do livro em Uberlândia amanhã, Ana Teixeira ministra, na tarde desta sexta-feira, a oficina “Diferente como todo mundo” para mães, pais, avós, tias, tios, professoras, professores e demais interessados nas novas configurações de família e as possibilidades de abordagem deste tema com crianças. As atividades são gratuitas e acontecem das 14h às 16h 30 na Casa de Cultura Graça do Aché (Av. Cesário Crosara, 4187, Roosevelt). As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: [email protected]

Mais sobre a artista no site: www.anateixeira.com.

SERVIÇO

O QUE: Lançamento do livro “Minhas duas Avós”
QUEM: Ana Teixeira
QUANDO: Amanhã (3), às 15h
ONDE: Casa de Ideias (Rua Javari, 32, Lídice)
ENTRADA FRANCA
INFORMAÇÕES: 3219-3662
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »