03/01/2018 às 15h38min - Atualizada em 03/01/2018 às 15h38min

Ações da SMC atingiram mais de 100 mil pessoas em Uberlândia

DA REDAÇÃO
Municipal recebeu 70 mil pessoas em eventos como o Festival de Cultura Afro-brasileira / Foto: Valter de Paula/Secom/PMU

 

Em um balanço divulgado nesta semana a Prefeitura de Uberlândia afirma que mais de 100 mil pessoas prestigiaram os eventos promovidos pela Secretaria Municipal de Cultura (SMC) em 2017. A expectativa é que em 2018 esses projetos atinjam um público ainda maior.

O grande destaque foi o Teatro Municipal que sozinho foi recebeu mais de 75 mil pessoas em seus espetáculos do ano passado.

Na Casa da Cultura promoveu 148 eventos entre exposições e lançamentos de livros de autores regionais e atingiu um público de 9 mil pessoas.

O Espaço Cultural do Mercado Municipal é outro bastante procurado pela diversidade de eventos que abriga e em 80 ocasiões recebeu  10 mil  visitantes com destaque para o sucesso do Mercado de Pulgas, iniciado em 2017.

A Biblioteca Pública Municipal fez aproximadamente  15 mil empréstimos e atendeu mais de 44 mil pessoas além das oficinas e atividades sediadas no local que tiveram 1,1 mil participantes.

De casa nova o Arquivo Público Municipal recebeu 340 pessoas mais 437 participantes do projeto Escola e Sociedade para pesquisas.

O centenário prédio do Museu Municipal Museu Municipal foi palco de 52 iniciativas artísticas e culturais que receberam cerca de 830 participantes em seu ambiente interno e outras 8,5 mil em ambiente externo.

Com oficinas, eventos, workshops, exibição de filmes, exposições e várias outras iniciativas marcaram os últimos 12 meses a Oficina Cultural teve cerca de 50 ações em 2017 que atingiram 4 mil pessoas. O espaço também foi cedido para 158 entidades nesse período.

O Centro de Esportes Unificado (CEU) do bairro Shopping Park ofereceu oficinas gratuitas para quase 15 mil pessoas. O local sediou, ainda, várias manifestações artísticas, como o Cineclube Cultura.

A Diretoria de Igualdade Social de Igualdade Racial (Diigual) foi responsável por várias práticas para despertar a conscientização e igualdade entre as pessoas. Ao todo, foram feitos 35 projetos, eventos e palestras, com quase 18 mil de público.

Quem também teve calendário cheio em 2017 foi a Banda Municipal. Quase 70 apresentações tornaram mais melodiosos diversos pontos da cidade, para um público de mais de 13 mil pessoas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »