29/12/2017 às 16h16min - Atualizada em 29/12/2017 às 16h16min

Minas publica edital com vagas na Educação

DA REDAÇÃO

Já está disponível o edital do concurso público da Secretaria de Estado de Educação (SEE). O certame contará com 16 mil vagas para o cargo de Professor de Educação Básica de diversas disciplinas e com 700 vagas para Especialista em Educação Básica.

As oportunidades contemplam todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino. Os concursados irão ocupar vagas hoje preenchidas por meio do sistema de designações.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, em www.fumarc.com.br, a partir das 9h do dia 26 de fevereiro até as 23h59 do dia 8 de março de 2018. Para requerer a isenção da taxa de R$ 70,00, o candidato deve acessar o mesmo endereço eletrônico de 22 a 26 de janeiro.

A aplicação das provas objetivas, que vão contar com 60 questões de Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos didático-pedagógicos e Conhecimentos específicos, está prevista para 8 de abril de 2018. Os candidatos terão como locais de provas todas as cidades-sede das Superintendências Regionais de Educação.

“O foco desse novo concurso é exclusivamente a escola, a sala de aula e o processo de ensino e aprendizagem. Como bem sabemos, é muito difícil desenvolver bons projetos educativos e processos eficientes de ensino e aprendizagem tendo que dispensar, a cada ano, cerca de 60% dos professores e depois recontratá-los por meio de designação”, disse subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antonio David de Sousa Junior.

Para as vagas de Especialista em Educação Básica não há distinção de habilitações: os servidores poderão atuar como orientadores educacionais, supervisores ou coordenadores pedagógicos, desempenhando funções fundamentais na organização da escola e no aprimoramento dos processos de ensino.

Já os cargos de Professor de Educação Básica abrangem várias disciplinas como História, Geografia, Química, Física, entre outras que compõem o currículo básico dos anos finais do ensino fundamental e de todo o ensino médio.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »