12/12/2017 às 05h42min - Atualizada em 12/12/2017 às 05h42min

Ballet clássico é atração do Municipal

'Coppélia' será encenado amanhã por alunos do Passo de Art Escola de Dança e bailarinos convidados

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
“Coppélia” levará ao palco do Municipal cerca de 100 bailarinos a partir dos 7 anos de idade na noite de quarta-feira / Foto: Divulgação

 

Será apresentado amanhã no Teatro Municipal de Uberlândia o ballet “Coppélia”, com alunos da Passo de Art Escola de Dança e os bailarinos convidados Keitty Rodrigues Sampaio (Teatro Escola Basileu França – GO) e Leonardo Inácio Sousa (Instituto Marco de Dança-SP), ambos uberlandenses que hoje seguem carreira em outras cidades.

O espetáculo é o quarto da série que encerra as atividades de 2017 da escola e contará com aproximadamente 100 alunos a partir de 7 anos de idade no palco e ainda bailarinos convidados do Studio A da cidade vizinha de Araguari.

Segundo a proprietária da escola e diretora geral do espetáculo Malu Alves, a cada dois anos é escolhido um balé de repertório. O primeiro encenado foi “O Quebra-Nozes”. “Temos uma estrutura grande com três cenários, três árias e os ensaios foram intensificados desde junho. Para as marcações para um palco nas dimensões do Teatro Municipal fizemos alguns ensaios no pátio do Colégio Nossa Senhora”, contou Malu.

Segundo ela, que fundou a escola há três anos, o mercado de dança na cidade está aquecido. “Acompanho também outras escolas e vejo que também estão com seus quadros completos, o que é muito importante para a ampliação da dança na cidade”, comentou. Malu disse ainda que mesmo na periferia o número de escolas tem aumentado e a única coisa que a preocupa é com a qualidade dos professores. “Os pais precisam ficar atentos aos currículos para que seus filhos tenham um bom desenvolvimento”, afirmou.

Com direção artística e coreográfica de Jhonatan Rios, um apaixonado por clássicos, “Coppélia” permite o resgate da técnica e ao mesmo tempo contempla alunos de diferentes níveis. “Além de ser uma coreografia bonita e alegre esse clássico traz uma remontagem toda sob o olhar do Jhonatan e nos permite trabalhar com bailarinos de faixas etárias diferentes e com nível técnico diferente”, contou Malu.

Ela conta que a dedicação dos alunos não se dá somente no palco ou nos ensaios. A dança requer investimentos e uma produção como esta não sai barata. “Desde a estrutura como a que usamos que conta inclusive com andaimes temos ainda o figurino que é caro e foi confeccionado em Brasília, Goiânia e Uberlândia”, disse.

“Coppélia” será encenado em três atos. O primeiro apresenta Swanilda, a jovem mais bonita da aldeia, noiva de Franz. Certo dia ele fica encantado por uma menina que todas as tardes dedica-se à leitura na janela da casa do Doutor Coppelius, um senhor que fabrica brinquedos e com uma reputação de bruxo. Ele faz de tudo para chamar a atenção dela. Swanilda os flagra e promete vingar-se. Ela acaba por interrogar Franz sobre o acontecido, durante uma discussão.

No segundo ato, Swanilda descobre que a Coppelia, a tal menina dedicada à leitura, na realidade é uma boneca. Nesse momento, o Dr. Coppelius entra e flagra as moças, que fogem, mas Swanilda permanece escondida na varanda de Coppelia e resolve vestir sua roupa e fingir ser a boneca. Vários bonecos e bonecas dançam.

No terceiro e último ato, na aldeia, celebra-se o casamento de Swanilda e Franz . Os noivos e depois todos os convidados dançam e celebram a grande festa.

 

SERVIÇO

O QUE: Ballet “Coppélia”

QUEM: Passo de Art Studio de Dança e bailarinos convidados

QUANDO: amanhã (13), às 20h

LOCAL: Teatro Municipal de Uberlândia (Av. Rondon Pacheco, 7.070, Tibery)

INGRESSOS: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada)

CLASSIFICAÇÃO: livre

DURAÇÃO: 1h40min

INFORMAÇÕES: 3236-9404


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »