09/12/2017 às 07h59min - Atualizada em 09/12/2017 às 07h59min

Praia Clube fecha primeiro turno da Superliga invicto

Em casa, equipe de Uberlândia venceu o Barueri por 3 sets a 1 ontem à noite

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Impulsionadas por torcida, praianas venceram mais uma em casa / Foto: Ascom/Praia Clube

 

Em mais uma atuação de altíssimo nível, o Dentil/Praia Clube bateu o Barueri (SP), do técnico tricampeão olímpico José Roberto Guimarães, por 3 sets a 1, jogando na noite de ontem, na Arena Praia, pela Superliga Feminina de Vôlei. As parciais foram de 22/25 – 25/16 – 25-17 e 25/15. Dessa forma, a equipe fechou o primeiro turno da Superliga com a marca de 11 vitórias em 11 jogos disputados, 33 pontos, somente dois sets perdidos e a liderança disparada da competição.

A levantadora Ananda, do Praia, foi eleita a melhor jogadora em quadra, levando para casa o troféu Viva Vôlei. O time volta a jogar pela Superliga somente no dia 19, quando recebe o Valinhos (SP), às 19h30, na Arena Praia. Antes, na próxima sexta-feira (15), a equipe joga pela Copa Brasil. O adversário será o oitavo colocado na classificação da Superliga e a partida acontecerá em Uberlândia, com horário ainda a ser definido pela CBV.

“Estamos no caminho certo, passo a passo evoluindo no critério técnico e tático. Ainda temos a metade da fase classificatória pela frente, ou seja, tem muita coisa e não podemos nos acomodar”, disse o técnico Paulo Coco depois da partida.

 

O JOGO

O primeiro set começou equilibrado, com as duas equipes forçando o saque. Embaladas pela torcida que lotou a Arena Praia, as uberlandenses abriram uma pequena diferença (7 a 5). Mas o time da casa passou a errar muito, o Barueri buscou a diferença e passou a frente do placar (19 a 18), até fechar o set por 25 a 22 em 29 minutos.

A exemplo do primeiro set, o segundo também começou equilibrado, com as duas equipes se alternando à frente do placar. Com ataques precisos, as donas da casa conseguiram abrir 7 a 4. Com um belo bloqueio de Nicole Fawcett, o Praia segurou a diferença de três pontos (18 a 15). Em seguida, o que se viu foi um verdadeiro massacre praiano para cima do Barueri, que não conseguiu reagir. O Praia fechou o set por 25 a 16 em 26 minutos.

No terceiro set, o Praia Clube voltou arrasador. Sacando com muita eficiência, a recepção do time paulista não conseguiu superar o bloqueio das uberlandenses, que abriram 6 a 0. A torcida do Praia não parava de gritar e dentro de quadra a equipe simplesmente voava. Sempre superior, o Praia seguiu no set até fechar em 25 a 17 em 25 minutos de jogo.

No quarto set, a equipe praiana voltou determinada a liquidar o jogo. Com o Barueri entregue em quadra ficou fácil para o Praia, que fechou o set por 25 a 15, em 25 minutos, e a partida por 3 sets a 1.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »