28/11/2017 às 05h02min - Atualizada em 28/11/2017 às 05h02min

Chuva piora condições de vias e eleva custos com manutenção

Prefeitura de Uberlândia gasta R$ 300 mil por mês com reparos

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
Buracos foram encontrados em vários trechos da cidade / Foto: Vinícius Lemos

 

O gasto de R$ 300 mil que a Prefeitura de Uberlândia tem por mês com a operação tapa-buraco vai aumentar até o início de 2018 por conta da temporada de chuvas, que já elevou as avarias no asfalto das ruas da cidade. As equipes que hoje fazem o trabalho devem dobrar até janeiro do próximo ano, período com maior volume de água em precipitação na cidade.

Segundo o secretário de Obras, Norberto Nunes, quanto o gasto vai aumentar irá depender do volume de serviços a serem realizados. Como a maior parte do trabalho é terceirizado, o Município paga por metro quadro atendido pela empresa contratada e também pelo metro cúbico de massa asfáltica usada. “Com o período chuvoso vai aumentar o gasto, sim. Até porque a quantidade de equipes vai crescer nos próximos dias”, disse Nunes.

Hoje a operação tapa-buraco conta com cinco grupos para fazer o serviço, mas até janeiro, gradualmente, o secretário promete ter 10 equipes. Todas elas ligadas à empresa terceirizada, ao mesmo tempo que a pasta de Obras contará com dois conjuntos menores de servidores que desempenharão a mesma função. Nunes explicou que o trabalho, mesmo durante os meses de estiagem, não parou, mas foi reduzido devido à demanda menor período.

A Prefeitura contabiliza 60 mil buracos tapados desde janeiro. O foco atual são vias de maior movimento e as de trajeto do transporte coletivo. As demais ruas passam por avaliação da secretaria, que determina o bairro ou a região que deve receber a operação.

 

POPULAÇÃO

A reportagem do Diário do Comércio encontrou buracos no corredor de ônibus da avenida João Naves de Ávila e também na rua Duque de Caxias, na altura do bairro Vigilato Pereira, na zonal sul. Segundo moradores e motoristas, os buracos em ambos os trechos são recentes, mas anualmente os problemas se repetem.

Quem verificar problemas nas ruas e avenidas da cidade pode entrar em contato com a Prefeitura e pedir reparos nas vias por meio Serviço de Informação Municipal (SIM). O telefone é o 3239-2800.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »