27/11/2017 às 17h02min - Atualizada em 27/11/2017 às 17h02min

Verdão seca Fla e Grêmio para ir à Copa do Brasil

Esperança cresce no Uberlândia após título do América na Série B

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Participar da Copa do Brasil ajudaria o UEC a bancar parte dos salários para a Série D do Brasileiro / Foto: Éder Soares

 

O título do América Mineiro na Série B do Campeonato Brasileiro, no último sábado (25), deixou o Uberlândia Esporte Clube (UEC) a um passo de disputar a Copa do Brasil em 2018. No entanto, diferentemente do que foi afirmado até mesmo pela Federação Mineira de Futebol (FMF), o resultado ainda não é o suficiente para confirmar o Verdão no torneio.

Para esclarecer o assunto, que causou bastante polêmica no último final de semana, principalmente nas redes sociais, o próprio UEC emitiu uma nota oficial para detalhar os critérios da CBF para competição em 2018. O Verdão precisará torcer para que Grêmio ou Flamengo não sejam campeões da Copa Libertadores da América ou da Copa Sul-Americana, respectivamente.

Caso Fla e Grêmio sejam campeões, o Uberlândia tem que torcer para que o Atlético Mineiro consiga se classificar para a Copa Libertadores da América, ao terminar o Brasileiro no G-9. Dessa Forma o UEC herdaria a vaga do Galo, que entraria na Copa do Brasil somente nas oitavas.

Desde o ano passado, o campeão da Série B do Campeonato Brasileiro tem o direito de pular quatro fases na Copa do Brasil e entrar direto nas oitavas de final. Isso foi feito para a CBF fechar a conta de 11 pré-classificados para a etapa. Para a edição 2017 da Copa do Brasil, por exemplo, os pré-classificados às oitavas foram os oito participantes da Libertadores e os campeões da Copa do Nordeste, Copa Verde e Brasileiro Série B.

No entanto, se o Grêmio e o Flamengo forem campeões, o Brasil terá nove representantes na Libertadores 2018. Desta forma, os outros dois pré-classificados seriam os campeões das copas regionais. O América Mineiro teria de disputar a Copa do Brasil desde o início, conforme inciso no capítulo II do regulamento da Série B.

“Portanto, neste caso, o Uberlândia Esporte ainda precisa aguardar as classificações finais dos times brasileiros na Copa Sul-americana e Libertadores para, de fato, ter uma definição sobre a vaga na Copa do Brasil”, disse a diretoria do clube em nota.

Além de ser o segundo maior torneio nacional, a Copa do Brasil é vista como uma chance de turbinar o caixa no Uberlândia Esporte. Conforme publicado pelo Diário do Comércio, a diretoria eleita projeta ganhos de R$ 600 mil ao clube com a participação no torneio. A quantia ajudaria a bancar parte dos salários para a Série D do Brasileiro, competição em que o UEC irá lutar pelo acesso à Série C.

 

Cenários que garantem o Uberlândia na Copa do Brasil

1 - Se Grêmio ou Flamengo não conquistarem a Libertadores ou Sul-americana, respectivamente.

2 - Se Grêmio e Flamengo conquistarem as competições internacionais, o Atlético Mineiro tem que fazer parte dos nove primeiros (G-9) do Campeonato Brasileiro.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »