22/11/2017 às 15h40min - Atualizada em 22/11/2017 às 15h40min

Delegação de MG tem 6 atletas de Uberlândia

DA REDAÇÃO

A delegação de Minas Gerais já está em São Paulo para a disputa da 11ª edição das Paralimpíadas Escolares, que ocorre até a sexta-feira (24). Seis paratletas de Uberlândia compõem a delegação, além de dois professores.

No total, os mineiros estão representados por 63 atletas, selecionados por meio dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg), além de 14 técnicos e 19 profissionais de staff.

Uberlândia estará representada no atletismo por Rita de Cássia, Rogério José Maria Borges, Ana Luiza Ferreira, Leticia Martins dos Santos, Allana Karollayne da Silva, Matheus Fernando Araújo Silva e contará ainda com os professores Rogério José Maria Borges e Clovis Eduardo Ferreira de Oliveira.

Realizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, o evento é considerado a maior disputa paradesportiva escolar do mundo. Na última edição, em 2016, Minas Gerais conquistou 54 medalhas – 30 de ouro, 12 de prata e 12 de bronze.

São esperados nos jogos mais de 900 atletas entre 12 e 17 anos, que participarão das competições de atletismo, bocha, futebol de 7, goalball, judô, natação, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas. Para 2017, dois esportes foram adicionados ao programa das Paralimpíadas Escolares: futebol de 5 (para cegos), e basquete em cadeira de rodas (formato 3x3).

Letícia Maria da Silva é atleta de goalball.  Natural de Uberaba, a jovem defendeu a equipe de Minas Gerais nas Paralimpíadas Escolares em 2015 e 2016 e neste ano faz sua terceira participação.A mineira já é uma das esperanças da Seleção Brasileira da modalidade para os Jogos Paralímpicos Tóquio 2020.

“Considero relevante a participação nas Paralimpíadas Escolares porque é uma oportunidade para mim e para outros atletas sermos vistos por técnicos de equipes e mesmo da Seleção, além da possibilidade de conquistar uma medalha, que é um sonho para todos os competidores”.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »