21/11/2017 às 16h27min - Atualizada em 21/11/2017 às 16h27min

Exportações agropecuárias aumentam 5,6% no ano

AGÊNCIA MINAS | BELO HORIZONTE
Estado acumulou 74,5% do valor das exportações nacionais de café em grão no ano / Foto: Agência Minas

 

O valor das exportações de produtos agropecuários de Minas Gerais aumentou 5,6%, de janeiro a setembro deste ano comparativamente a igual período de 2016 e correspondeu a 11% do total nacional. Já as exportações mineiras de produtos da indústria alimentar cresceram 22,4% e passaram a compor 6,6% do total do Brasil.

Os dados são da Fundação João Pinheiro (FJP). O estudo foi baseado no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de setembro de 2017, da Produção Agrícola Municipal (PAM) e da Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), do IBGE. 

De janeiro a setembro de 2017, o estado acumulou 74,5% do valor das exportações nacionais de café em grão. Na pauta mineira de exportações de produtos agropecuários, o valor relativo ao café em grão representou 71,5%, com aumento de 4,6% em relação ao mesmo período de 2016. Para a soja em grão, houve aumento de 8,7%, compreendendo 26,3% do total agropecuário exportado pelo estado.

As exportações de açúcar equivaleram à metade das vendas externas mineiras de alimentos industrializados e aumentaram 22,4%. As carnes representaram 38,3% nesse segmento e tiveram acréscimo de 23,1%, com destaque para a variação de 54,1% em carnes bovinas.

Por outro lado, evidencia-se uma redução acentuada nas exportações de leite e laticínios, com valor 45,8% inferior ao período janeiro-setembro de 2016.

 

PRODUÇÃO AGRÍCOLA

A estimativa de safra para 2017 realizada em setembro indicou crescimento de 29,3% na produção estadual de milho, em comparação com a safra de 2016, a totalizar 7,6 milhões de toneladas, o que equivale a 8,0% da safra brasileira.

Para a produção de soja, o crescimento previsto é de 6,3% em Minas Gerais e de 19,5% no Brasil. A safra esperada é de mais de 5 milhões de toneladas, 4,4% da produção do país. A previsão de safra anual feita em setembro também anunciou que a produção de sorgo pode aumentar 107%.

 

REBANHOS

Na comparação dos resultados de 2016 com 2015, houve redução do efetivo dos rebanhos de bovinos (-0,6%) e galináceos (-3,3%), enquanto o rebanho de suínos aumentou 1,1%.

No mesmo período, a produção mineira de ovos de galinha cresceu de 4,3%, enquanto a produção de mel aumentou 11,1%, correspondendo a 12,4% da produção brasileira. Já a produção de leite no estado, que representa mais de 20% da pauta nacional, diminuiu 1,9%, a segunda queda anual consecutiva.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »