17/11/2017 às 17h25min - Atualizada em 17/11/2017 às 17h25min

Times jogam a volta das semifinais

Estádio Airton Borges recebe amanhã nova rodada dupla com Toca x Voluntários e Tabajara x Luizote

ÉDER SOARES | REPÓRTER
Luizote venceu o Tabajara por 2 a 1 no jogo de ida e entra na partida de amanhã dependendo de apenas um empate / Foto: Vilmar Silva

 

A disputa dos jogos de volta das semifinais da Divisão Especial do Campeonato Amador, competição organizada pela Liga Uberlandense de Futebol (LUF), promete esquentar a manhã deste domingo (19) com mais uma rodada dupla, no Estádio Airton Borges. Apenas duas torcidas vão comemorar o avanço à tão sonhada final.

A ordem dos mandos dos jogos será inversa em relação ao último final de semana. Às 8h, jogam Tocantins x Voluntários, enquanto às 10h é a vez de C&A Construtora/Tabajara e Luizote.

Neste segundo duelo, o Tabajara precisará correr atrás do prejuízo. No jogo de ida, o time comandado pelo técnico Celisvaldo Silva, o Pezão, acabou derrotado por 2 a 1. Com o resultado, o Luizote joga com o regulamento debaixo do braço, precisando de um empate para ser o primeiro finalista da competição. Para o Tabajara, vitória de um gol leva a decisão da vaga para as penalidades, e de 2 gols ou mais dá a classificação de forma direta.

“Vamos procurar jogar com inteligência e sem desespero, mesmo porque o empate nos favorece. Só que não podemos contar com isso, pois o jogo é extenso e o Tabajara tem totais condições para reverter. Nossa equipe está preparada para o jogo”, disse o técnico do Luizote, Wisner Dantas.

Pelo lado do Tabajara, o técnico Pezão não perde a mania do velho mistério e garante que o Tabajara é um ponto de interrogação para a partida.

“Quanto menos a gente falar neste momento é melhor. Quero que minha equipe se concentre para a partida e se desligue do extracampo. É um jogo equilibrado, entre duas grandes equipes, e aquela que for mais competente na hora do jogo será recompensada com a classificação”.

 

TOCA X VOLUNTÁRIOS

Na partida de fundo, às 10h, existe a expectativa para o maior equilíbrio das semifinais, já que as equipes empataram sem gols no joga da ida. Quem vencer leva a vaga. Em caso de empate, a decisão vai para a cobrança de penalidades máximas.

“Acho que precisamos ter cuidado, até mesmo pela qualidade do Tocantins, mas não podemos ficar muito retraídos porque, caso contrário, daremos campo para eles. É ter tranquilidade e colocar o nosso futebol em campo”, disse Gedielson, goleiro do Voluntários.

Com a velha calma de sempre, o centroavante do Tocantins, Neto Caixeta, um dos maiores artilheiros da história do Amador com mais de 200 gols, acredita que tudo pode acontecer no jogo. “Não tem como dimensionar todas as possibilidades. São equipes qualificadas e que podem resolver o jogo em apenas um segundo. Então, não tem jeito, é entrar concentrado e não errar. Quem cometer qualquer tipo de erro poderá pagar muito caro”.

 

Estádio Airton Borges – Semifinal Volta 19/11

8h   Tocantins      x    Voluntários

10h  Tabajara      x    Luizote

 

Semifinal Ida 12/11

Luizote       2    x    1    Tabajara

Voluntários   0    x    0    Tocantins


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »