07/07/2017 às 05h08min - Atualizada em 07/07/2017 às 05h08min

Noite Literária celebra 5 anos com Enzo Banzo

Compositor, cantor e escritor fala sobre o seu processo criativo

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Enzo Banzo é músico, escritor, pesquisador e arte-educador em Uberlândia / Foto: Gabriela Guimarães/Divulgação

 

Quando recebeu o convite para participar da edição de 5 anos do projeto Noite Literária Enzo Banzo se surpreendeu. Ele imaginou que seria convidado para cantar durante a noite comemorativa, porém, o convite visa mostrar aos convidados o outro lado do músico - que faz carreira em Uberlândia com o grupo Porcas Borboletas há 18 anos - o lado poeta. 

Enzo vai falar um pouco de seus processos criativos em um bate-papo mediado pelo professor Bento Faria, amanhã, no Ganesha Veg. "A gente acaba passando uma vida inteira neste processo de criação. Afinal, a música ou a poesia não são um produto em si, são geradas durante esses processos que tomam conta da gente", disse o músico em entrevista ao jornal Diário do Comércio na manhã de ontem.

Além dos álbuns com o Porcas Borboletas - o quarto será lançado neste ano - Enzo Banzo trabalha ainda para 2017 no lançamento do seu primeiro disco solo, "Canção escondida". "Nele eu canto poemas musicados de autores que me inspiram. Tem textos de Luís de Camões, Arnaldo Antunes, Carlos Drummond de Andrade, Paulo Leminski, Alice Ruiz, Marcelino Freire, Clara Averbuck, Danislau e Cleusa Bernardes, entre outros", conta o músico e escritor. O disco tem produção de Saulo Duarte.

Enzo Banzo, também pesquisador e arte educador, falará de seu livro "Poesia Colírica"; (Editora Letramento/2014). "Acho que este será um ponto que o professor Fábio vai se ater um pouco mais", comenta. 

O músico tem pesquisa de mestrado em estudos literários na qual aproxima o cancioneiro de Noel Rosa à poesia Pau-Brasil, de Oswald de Andrade. Com crianças e adolescentes de bairros de periferia, desenvolve o projeto Dedo de Verso, voltado para a criação literária em poesia escrita, falada e cantada.

Além de seu trabalho solo e com banda, Banzo produziu o disco de estreia da cantora Daniela Borela em 2011, e foi músico e produtor musical no Grupo Emcantar entre 1998 e 2009.

O projeto Noite Literária foi idealizado por Robisson Albuquerque, também poeta e escritor e editor da Subsolo, editora de livros uberlandense. A noite de amanhã terá ainda leituras e performances de Alan de Souza, Gui Damas e Silvia Martins, música com Jack Will Trill e exposição de livros. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »