26/06/2017 às 17h51min - Atualizada em 26/06/2017 às 17h51min

URT e Villa Nova seguem brigando pelo acesso

EDER SOARES | REPÓRTER
URT enfrentou a Portuguesa, em Patos, no último domingo / Foto: Adamar Gomes/AG Esportes

 

Encerrada a primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, os 32 clubes classificados voltam os olhares para a primeira fase dos mata-matas. A princípio, conforme divulgado pela CBF, os confrontos começam no próximo domingo (2), com as partidas de ida. Dos três clubes mineiros na competição, URT e Villa Nova conseguiram avançar para a segunda fase, enquanto a Caldense está fora do campeonato.

A URT, segunda colocada do grupo 12, terá pela frente o União Rondonópolis (MT), líder do grupo 11. O primeiro jogo será em Patos de Minas, com horário ainda ser definido pela CBF. Já o Villa Nova, que terminou como líder do grupo 13, enfrentará o Operário de Ponta Grossa (PR), líder do grupo 15. As equipes se enfrentam em Nova Lima, também neste domingo.

No último domingo (25), a URT empatou sem gols, em Patos de Minas, com a Portuguesa (RJ) e contou com o resultado entre Audax (SP) e Itumbiara (GO), que empataram por 2 a 2, em Osasco, para se garantir na próxima etapa.  O Villa Nova empatou, por 1 a 1, no Rio de Janeiro, com o Bangu e também garantiu vaga. Enquanto isso, a Caldense, também no Rio, foi derrotada pelo Boa Vista, por 3 a 1, e deu adeus ao campeonato.

O técnico da URT, Rodrigo Santana, entende que o Trovão Azul está crescendo na hora certa e prevê que o time irá brigar de igual para igual com os outros clubes pelo acesso à Série C. “Este foi o nosso quarto jogo seguido e sofremos apenas um gol. Este, em minha opinião, é um quesito que nos deixa bastante animados para a sequência da Série D. A gente vem crescendo de produção, mas não podemos nos acomodar e precisamos ter consciência de que a competição será ainda mais difícil de agora em diante”, afirmou Santana em entrevista para a Rádio Clube de Patos de Minas.

 

ACESSO

Na Série D do Brasileiro, que equivale à quarta divisão nacional, o que menos importa para os clubes é o título da competição. De agora em diante, os 32 clubes classificados correm atrás de um dos quatro lugares nas semifinais, posição que garante acesso para a Série C de 2018, competição que a partir do ano que vem deverá ter cota de televisão paga para os clubes. A terceira divisão nacional já conta com despesas pagas pela CBF, como viagens e hospedagem.

Depois do primeiro mata-mata, que começa no domingo (2) com os jogos de ida, ficarão 16 equipes (oitavas de final). Daí para frente é preciso avançar apenas das quartas de final, que contará com oito clubes, para se garantir na Série C.

 

PRÓXIMOS CONFRONTOS

2ª fase da Série D – Domingo 02/07

 

São Raimundo (AM) x Atlético (AC)

Princesa do Solimões (AM) x Gurupi (TO)

Altos (PI) x Rio Branco (AC)

São Francisco (PA) x Santos (AP)

Parnahyba (PI) x Gurany (CE)

Maranhão (MA) x Globo (RN)

Campinense (PB) x Juazeirense (BA)

Sousa (PB) x Fluminense (BA)

Comercial (MS) x América (RN)

Jacobina (BA) x Ceilândia (DF)

URT (MG) x União Rondonópolis (MT)

Aparecidense (GO) x Portuguesa (RJ)

Espírito Santo (ES) x Boa Vista (RJ)

Villa Nova (MG) x Operário (PR)

Metropolitano (SC) x São Bernardo (SP)

Brusque (SC) x São José (RS)

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »