16/06/2017 às 04h06min - Atualizada em 16/06/2017 às 04h06min

Ricardo Teixeira pediu conselho sobre fuga

DA REDAÇÃO

Escutas telefônicas feitas pela Justiça espanhola revelam que o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, telefonou para o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, para pedir ajuda sobre um lugar "seguro no mundo" para onde poderia fugir caso investigações se aproximassem dele.

A informação faz parte de uma decisão judicial de ontem e na qual a Justiça espanhola rejeita um pedido de Rosell para aguardar seu processo em liberdade. Por um esquema de corrupção envolvendo a seleção brasileira, o catalão foi preso no dia 25 de maio. Para justificar sua negativa, a autoridade espanhola apontou que existiria um "alto risco de fuga" por parte de Rosell.

Uma das provas usadas pelos espanhóis para mostrar o conhecimento do catalão pelo mundo seria uma ligação telefônica que ele recebeu de Teixeira. Na conversa, o brasileiro o teria consultado sobre "quais lugares no mundo poderiam resultar mais seguros na hora de evitar problemas derivados das investigações em curso seguidas contra ele em diferentes países".

A conversa ocorreu em abril desde ano e foi pega nas escutas colocadas pela polícia espanhola contra Rosell, antes de sua prisão. Teixeira é investigado na Suíça, nos Estados Unidos e no Brasil por diferentes assuntos, entre eles o suposto esquema montado para desviar recursos da seleção brasileira.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »