14/06/2017 às 05h53min - Atualizada em 14/06/2017 às 05h53min

Polícia inicia operação Corpus Christi nas BRs

A fiscalização segue reforçada até o fim da noite de domingo

DA REDAÇÃO
Ao todo, 900 policiais vão trabalhar durante a operação nesta semana / Foto: Divulgação/PRF

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou, à 0h de hoje, a Operação Corpus Christi 2017. Até a meia-noite do próximo domingo, agentes reforçarão trechos estratégicos nas rodovias federais da região, priorizando ações preventivas para redução da violência no trânsito.

De acordo com um comunicado divulgado ontem pela PRF, a atuação será reforçada por meio de rondas ostensivas nas rodovias e do posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados críticos. Cerca de 900 policiais, em escalas de revezamento, utilizarão 31 radares e 150 etilômetros durante a operação.

Ainda conforme a PRF, os principais objetivos da operação são prevenir e diminuir a gravidade dos acidentes, dar respostas rápidas que garantam a fluidez no trânsito e, principalmente, combater as atitudes que mais causam acidentes, como o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas, o álcool ao volante, dentre outras.

 

RESTRIÇÃO DE TRÁFEGO

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) vai restringir o tráfego de veículos de grande porte em rodovias de pista simples, em dias e horários específicos do feriado de Corpus Christi. A medida, prevista em lei, tem o objetivo de oferecer mais segurança aos usuários das vias, considerando o aumento de tráfego.

Amanhã, entre 6h e 12h, e no domingo, das 16h às 23h59, estarão proibidos de circular veículos de carga tipo bitrens, treminhões e rodotrens (com mais de duas unidades, sendo uma tratora e as demais tracionadas e comprimento entre 19,80 e 30 metros); cegonheiras (com duas unidades e média de 22,40 metros de comprimento); cargas indivisíveis (que excedam as medidas regulamentadas) e, ainda, veículos com até duas unidades, acima de 2,60 metros de largura ou mais de 4,40 metros de altura ou acima de 18,60 metros de comprimento, portando ou não Autorização Especial de Trânsito (AET).

Os motoristas que não respeitarem as restrições estarão sujeitos às penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, o que significará a perda de quatro pontos na carteira, multa de R$ 130,16 e retenção do veículo até o término do horário limite.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »