22/05/2017 às 18h25min - Atualizada em 22/05/2017 às 18h25min

Semana do Sapateado chega à 19ª edição

Além de programas voltados para sapateadores, programação traz intervenções urbanas

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Marina Coura durante apresentação no Floripa Tap 2015 / Foto: Cristiano Araújo/Divulgação

Uma celebração do sapateado. Essa é a premissa da 19ª edição da Semana do Sapateado, que vai de hoje a domingo (28) em diversos espaços de Uberlândia. A realização é da UAI Q Dança e apesar de ter uma programação voltada para os alunos e amantes da dança, tem um outro lado voltado para a divulgação do estilo nas ruas.

Há intervenções urbanas programadas para a Praça Tubal Vilela, Uberlândia Shopping e TAP na rua, que sairá da sede da UAI Q Dança até a praça do Colégio Nossa Senhora da Ressurreição. “Apesar da extensa programação, está tudo tranquilo, dentro do cronograma, por amis que ainda haja aquele frio na barriga por conta da expectativa”, disse Panmela Tadeu, sapateadora e uma das organizadoras da Semana ao lado de Eduardo Bevilaqua, Rosane Chagas, Iara Schmidt, Panmela Tadeu, Clara Bevilaqua, Camila Amuy e da idealizadora do projeto, Fernanda Bevilaqua.

Segundo Panmela, os alunos já se preparam durante todo o ano para essa data. 25 de maio é a data de nascimento de Bill Bojangles (1878-1949), o primeiro negro a conseguir um papel principal na Broadway que virou referência para os sapateadores e a ele é dedicado esse Dia Internacional do Sapateado. “Agora que passamos dos 18 anos, a idade da maturidade, resolvemos fazer uma semana bem diferente das anteriores. Saímos de um padrão e fizemos mais enxuto e que contempla mais eventos gratuitos”, disse Panmela.

A sapateadora afirma que o sapateado no Brasil tem avançado a cada ano por isso, desde 2013, a organização preza por trazer convidados brasileiros de grande representatividade. “Existem muitos profissionais qualificados no Brasil e os alunos se sentem mais à vontade com eles, sem contar que estão mais próximos da nossa realidade”, justifica Pannmela.

Marina Coura é sapateadora profissional, professora e coreógrafa. Natural de São José dos Campos (SP), está radicada em Florianópolis (SC) onde dirige uma escola de dança, organiza um festival de sapateado e desenvolve seus estudos de dança junto com música, principalmente percussão. “Ela é responsável pelo crescimento do sapateado no Sul e uma batalhadora. Se parece com a gente. Com certeza vai compartilhar conosco muito de seu conhecimento da parte musical”, disse Panmela.

Ela explica que outra convidada, a bailarina e coreógrafa Flávia Costa, carioca, traz sua mente criativa para a Semana. Ela também trabalha com circo e neste ano vem para ficar mais próxima dos alunos do UAI Q Dança e participar das atividades abertas no sábado e domingo. Além disso, vai criar uma coreografia para os alunos da escola uberlandense. O evento tem ainda o apoio da artista sapateadora, atriz e coreógrafa Chris Matallo que é madrinha do evento.

A carioca Flávia Costa traz toda sua criatividade para a Semana do Sapateado / Foto: Ayesha Zangaro Fotografia/Divulgação

RECONHECIMENTO

Em entrevista na manhã de ontem ao jornal Diário do Comércio, Panmela Tadeu comentou sobre uma surpresa que alguns alunos teriam a partir da noite de ontem e hoje. Duas sapateadoras, Samanta Varela e Ana Carolina Lobato, vieram de São José dos Campos (SP) para conhecer o dia a dia da UAI Q Dança. Depois de terem participado de edições anteriores da Semana do Sapateado, ficaram curiosas para conhecer o cotidiano da escola. “Elas chegaram sábado (20) e farão uma espécie de laboratório por aqui, darão algumas aulas-surpresa para nossas turmas, o que estávamos mantendo em segredo até agora. Ficamos felizes e honradas em conquistar a simpatia de profissionais tão gabaritadas com tanta simpatia por nossa causa”, finaliza Panmela.

 

PROGRAMAÇÃO

22 a 26 de maio

Residência coreográfica para alunos de nível avançado do Uai Q Dança com a professora Flávia Costa (RJ)

25 (quinta-feira)

18h às 19h: Festa em comemoração ao dia internacional do Sapateado e exibição de filme no Uai Q Dança.

27 (sábado)

9h às 10h - aula bônus para preparar a atenção do corpo com Fernanda Beviláqua (para alunos inscritos previamente)

10h às 11h15 - aula master de sapateado nível básico com Marina Coura e aula master de sapateado nível avançado com Flávia Costa.

11h15 às 12h - TAP na Rua: Sapateadores e interessados acompanhados do grupo Tabinha e do percussionista Alex (UFU). "Sapateata" saindo da porta do Uai Q Dança (rua Felisberto Carrejo, 386 ) até a praça do Colégio Nossa Senhora da Ressureição. (Entrada Franca - aberto ao público)

13h às 14h30 - Intervenção urbana (praça Tubal Vilela) com alunos e as duas professoras convidadas do evento.

14h45h às 16h - oficina de tapetes sonoros Grupo 1 - com Flávia Costa para maiores de 11 anos de idade. (Sem pré-requisitos em dança)

16h30h às 19h15h - aula master de sapateado nível avançado com Marina Coura & aula master de sapateado nível intermediário com Flávia Costa.

21h - Espetáculo com participação das professoras convidadas do evento, alunos do Uai Q Dança e grupos e/ou sapateadores convidados. (Local Palco de Arte do Uai Q Dança: Rua Coronel Manoel Alves, 22, bairro Fundinho. Ingressos: R$ 40 inteira e R$ 20 meia-entrada).

28 (domingo)

10h às 11h15 - aula master de sapateado nível avançado com Marina Coura E Oficina de tapetes sonoros com Flávia Costa para menores de 11 anos. (Sem pré-requisitos em dança)

11h15 às 12h30 - oficina de tapetes sonoros - Grupo 2 - com Flávia Costa para maiores de 11 anos de idade. (Sem pré-requisitos em dança)

13h às 14:30h - Intervenção urbana (Uberlândia Shopping) com alunos e as duas professoras convidadas do evento. Aberta ao público.

14h30h às 17h15h - Aula master de sapateado nível intermediário com Marina Coura e Aula master de sapateado nível avançado com Flávia Costa.

17h30h às 18h30 - Banho de pé com café - relaxamento oferecido com um lanche para os cursistas.

19h - ComPartilha A Festa: confraternização de final do evento na Vertical Escalada com música ao vivo e espaço aberto com show de Edson Denizard e Edson Júnior. Entrada franca. Aberto ao público.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »