24/02/2017 às 09h08min - Atualizada em 24/02/2017 às 09h08min

Verdão calibra o pé para buscar reabilitação

Trabalho da semana foi focado em aprimoramento das finalizações, quesito que o time mais vem falhando

ÉDER SOARES - ESPECIAL PARA O DIÁRIO

Até o momento, o ataque do Uberlândia Esporte Clube não deu muito as caras no Campeonato Mineiro. O time só marcou três gols em quatro rodadas e a defesa levou quatro. O centroavante Reinaldo Alagoano, contratado para ser o homem gol da equipe só balançou as redes do adversário em uma oportunidade, numa cobrança de penalidade máxima. Para melhorar o desempenho do ataque alviverde, a solução proposta pelo técnico Paulo Cézar Catanoce são os treinamentos e aprimoramento das finalizações.

Ao longo dessa semana, o foco do trabalho foi justamente no quesito em que a equipe mais vem falhando: finalização. No começo da semana, o treinador apontou a possibilidade de mudar a equipe, mas, deverá manter o mesmo time que vinha jogando, com exceção da entrada de Bruno Costa, na zaga, no lugar do capitão da equipe Mauro Viana, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

 “O importante é que temos um grupo muito qualificado e que irá desencantar. O Reinaldo é um grande jogador, goleador por onde passou, bem como nossos demais atacantes, que têm muita qualidade. Estamos treinando muito não só as finalizações, mas todos os fundamentos para que possamos vencer em casa”, disse.

O próximo desafio do Verdão é fundamental em termos de classificação. Amanhã, o time recebe o América de Teófilo Otoni, às 16h, no Estádio Parque do Sabiá, pela quinta rodada. Se vencer, o time tem grandes chances de voltar ao G4, zona classificatória para as semifinais. O  Uberlândia é o quinto colocado com seis pontos (duas vitórias e duas derrotas). Já o América – TO é o vice-lanterna  com apenas dois pontos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »