14/02/2017 às 09h21min - Atualizada em 14/02/2017 às 09h21min

COLUNA BOLA EM JOGO 6

POR CAMARGO NETO
POR CAMARGO NETO

Uberlândia foi bem 60 minutos

O Uberlândia, dentro da sua realidade e do que seu técnico, Catanoce, havia proposto, jogou bem por uma hora. Marcou muito bem, ficou com a bola por momentos razoáveis e chegou ao ataque. Pouco, mas chegou. A diferença em favor do Atlético é a qualidade superior do elenco e não só do time. O técnico Roger Machado já começou o segundo tempo trocando Casares por Maicossuel que melhorou bastante a produção atleticana do meio para frente. Depois da metade do segundo tempo, quando já tinha colocado Clayton no time, mandou a campo Rafael Moura, centroavante, substituindo o volante Elias. Passou a trabalhar com dois centroavantes na área do Uberlândia e aumentou sobremaneira a pressão. Assim conseguiu fazer 1 a 0 aos 31 minutos com Danilo, de cabeça, depois de Rafael Moura arrematar e o goleiro Thiago Braga defender. A partir daí a supremacia do Galo, inclusive física, foi marcante e aconteceu o placar de 3 a 0. O Atlético mereceu a vitória e confirmou o seu favoritismo. O Uberlândia, como eu havia alertado na coluna de sábado último, não tem como objetivo principal disputar o título com o Atlético, mas disputar e conquistar uma vaga, das três de Minas Gerais, para o Campeonato Brasileiro da Série D de 2018. Na disputa estão diretamente a URT, a Caldense, o Villa Nova, o Tricordiano, o Democrata de Governador Valadares e o América de Teófilo Otoni. Repito que a disputa pelas três vagas é, a meu ver, primeiro contra URT, Caldense e Villa Nova. Por causa disto a torcida alviverde precisa entender que não aconteceu nenhum desastre na derrota para o Atlético. Na previsão de resultados que o Uberlândia deve ter feito essa derrota era previsível. O Uberlândia continua como quarto colocado e a sua campanha, portanto, está normal e deve seguir assim.

Os adversários

Os principais adversários do Uberlândia Esporte no campeonato são os seis citados na matéria anterior, mais Tupi e Tombense. Em seguida, quem sabe, diante do América. Já diante do Cruzeiro o favorito, claramente, é o adversário. O torcedor precisa entender isto e continuar comparecendo em grande número aos jogos no Estádio Parque do Sabiá e apoiando. Não tenho dúvida que o trabalho feito no Alviverde, dentro da sua realidade, é dos melhores. O Uberlândia tem seis pontos ganhos hoje, é o quarto colocado e pode, perfeitamente, conquistar mais seis pontos nos dois próximos domingos, com os adversários vindo ao Sabiá. No próximo, o Tombense e no outro o América de Teófilo Otoni.

Mais opções

O técnico Catanoce utilizou o centroavante Shumacher na parte final do jogo contra o Atlético e ele voltou a entrar bem. A meu ver é uma boa opção e alternativa ao Reinaldo Alagoano. Os dois laterais, Rodney e Vandinho foram bem contra o Atlético, mas Catanoce tem Cesinha para entrar na direita e agora Marinho Donizete na esquerda. Diante disto não tenho dúvida que o time do Uberlândia deve seguir conquistando, pouco a pouco, os pontos em busca do seu objetivo.

E o CAP, hein?

Não dá para entender a atitude da direção do Clube Atlético Portal de fugir da mídia. Tenho décadas trabalhando em comunicação esportiva e nunca havia registrado isto. O CAP vai estrear no próximo sábado (18), às 16h, no Estádio Parque do Sabiá, no campeonato mineiro do Módulo II. O adversário é o Boa de Varginha, com DNA de Ituiutaba, um dos favoritos ao acesso e integrante, novamente, do Campeonato Brasileiro da Série B. Portanto, um jogo em que o CAP é novidade e o Boa é uma grande atração. E o CAP não faz contato com a mídia; não divulga nada. Pode até começar a fazê-lo esta semana, mas assim mesmo já perdeu muito tempo. Ou vai preferir jogar de portões fechado no Sabiá, totalmente escondido como vem fazendo até aqui? É esquisito, muito esquisito mesmo! Divulguei nesta coluna, porque fui atrás de contato com o técnico Luís Eduardo, que o Carlão iria começar a utilizar os meios disponíveis para dar notícias. Até agora, que eu saiba, nada.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »