01/02/2017 às 08h29min - Atualizada em 01/02/2017 às 08h29min

Comerciantes esperam que vendas melhorem

Movimento nas papelarias ainda não é o esperado; fluxo deve aumentar agora

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Wesley Mário, proprietário da Mix.Com, aposta em promoções e parcerias com empresas para melhorar vendas

As redes municipal, estadual e particular de ensino retornam às aulas na próxima semana. Os pais e estudantes que ainda não compraram material escolar devem aquecer as vendas nas papelarias de Uberlândia nos próximos dias. Essa é a expectativa dos empresários do setor, que, segundo os entrevistados do Diário do Comércio, esperam um aumento nas vendas entre 10% e 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na busca para atrair mais os consumidores, Nilva Gama, da Papelaria Atlas, no Centro, abriu as portas no último domingo. “Não foi a movimentação dos dias de semana, mas recebemos muitos clientes que tiveram mais tempo e tranquilidade para fazer as compras no fim de semana”, afirma a empresária. Apesar de a movimentação estar um pouco abaixo da do ano passado, ela aposta na virada do mês e na reta final das férias para um aumento nas vendas e em preços competitivos. “Quem sabe fazer cotação tem voltado, isso é um ponto positivo porque mostra que estamos com bons preços e vale lembrar também que além do preço os pais devem se preocupar também com a qualidade do material adquirido”, disse Nilva Gama.
A Papelaria Granada, no bairro da zona sul de Uberlândia, investiu em uma grande estrutura para atender a comunidade do bairro e adjacências. Abriu nos últimos dois finais de semana mas segundo Elaine Freitas de Andrade, o movimento ainda é menor do que o mesmo período em 2015. “Ainda está parado, mas tem muita gente que está esperando virar o mês, a data do cartão de crédito, para fazer as compras. Outros demoraram um pouco mais por optar por pagar IPVA e outras despesas fixas deste início de ano”, comenta. Em comparação com 31 de janeiro do ano passado, Elaine Andrade afirma que vendeu ontem 10% a mais.
Patrícia Silva Nascimento preferia ter antecipado as compras do material escolar das duas filhas, alunas do 6º e 2º ano, mas aguardou para fazer o pagamento à vista. As filhas acompanharam a mãe na papelaria e ainda puderam escolher alguns dos itens com personagens que gostavam.

Parcerias

Com papelaria no Centro de Uberlândia desde 2006, Wesley Mário, da Mix.Com, afirma que muitos clientes anteciparam a compra antes do reajuste de preços do início do ano. Além disso, sempre tem aqueles que deixam para a última hora. Para incrementar as vendas, ele negocia preços melhores com fornecedores, faz promoções pontuais e tem parceria com empresas. Uma delas é o laboratório Ipac/Grupo Sabin. “Já fizemos três remessas para eles, já forma cerca de 50 listas, desta forma, conseguimos um desconto maior”, disse Wesley Mário. 
O laboratório oferece aos colaboradores a opção de levar as listas de material escolar dos filhos para a empresa. Dessa forma, conseguem preços melhores nas negociações e o valor de cada lista é debitado na folha de pagamento do funcionário. Segundo a assessoria de imprensa do Grupo Sabin, eles já conseguiram descontos que chegam até a 30%.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »