26/10/2016 às 20h15min - Atualizada em 26/10/2016 às 20h15min

Auxiliar de Renato elogia atletas e vê atuação "quase perfeita" do Grêmio

Alexandre Mendes valoriza vitória pro 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, mas minimiza a vantagem e pede "pé no chão" para o jogo da volta, na próxima quarta

 



A vantagem é toda do Grêmio na semifinal da Copa do Brasil. E veio a partir de uma vitória por 2 a 0 em cima do Cruzeiro, diante de mais de 50 mil pessoas no Mineirão, em atuação "quase perfeita" do time gremista. A avaliação é do auxiliar de Renato, Alexandre Mendes, que comandou o time na noite desta quarta-feira. Mas apesar do resultado, o discurso é de que ainda não há nada decidido. 

LEIA MAIS 
> Veja os lances de Cruzeiro 0 x 2 Grêmio pela semi
> Atuações: Luan é o melhor do Grêmio no Mineirão
> Grêmio vibra com "vantagem enorme", mas minimiza

Mendes enalteceu os jogadores, que segundo ele fizeram exatamente o que foi pedido pela comissão técnica para a partida. O gol de Luan, que abriu o placar, saiu após uma jogada de um minuto de toque de bola e finalização por cobertura do atacante. A atuação coletiva foi alvo de elogios do auxiliar, no comando da equipe por conta da expulsão de Renato na fase anterior, contra o Palmeiras, em São Paulo.  

– A gente sabia que encontraria dificuldade grande, jogando no Mineirão, contra o Cruzeiro, com 60 mil pessoas. Sabíamos que teria inicialmente uma pressão. Foi alertado pelo Renato na preleção. Os jogadores estão de parabéns, todos executaram exatamente o que pedimos. Renato potencializou cada atleta e tivemos êxito em um primeiro momento. Nosso time, pela nossa análise, faltava profundidade. Estratégia foi manter a posse com objetividade e profundidade. Fomos agraciadas com uma atuação quase perfeita. Não tem que o falar do Grêmio hoje. Foi quase a perfeição – avaliou o auxiliar gremista. 

Alexandre Mendes Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Alexandre Mendes Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)

Alexandre Mendes exaltou jogo coletivo do Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio)


O discurso dos jogadores na saída do campo foi adotado por Mendes. A intenção é não deixar que a vantagem acomode o time gremista para a decisão da próxima quarta-feira, na Arena. O resultado foi considerado bom, claro, mas o mais destacado foi o desempenho no Mineirão. 

– É uma vantagem, mas acho que são os primeiros 90 minutos. É o que conversamos agora no vestiário. Nós jogamos contra uma grande equipe, uma excelente equipe. E temos que ter o pé no chão, não ganhamos nada. Temos que fazer com que a nossa vantagem venha a nosso favor, não contra. O Renato estabeleceu critérios dentro do que ele pensa de futebol, a estratégia e funcionalidade da equipe se deu justamente por isso, o trabalho em grupo em primeira instância, depois o individual. A parte técnica individual cresceu e foi uma atação brilhante – completou Mendes.

Após a vitória pela Copa do Brasil, o Tricolor se volta para o Brasileirão. O Tricolor viaja nesta quinta-feira para Florianópolis, onde joga contra o Figueirense no próximo sábado. O técnico Renato já adiantou que a equipe a ser utilizada nesta partida será reserva, por conta do pouco tempo para descanso entre as partidas – o jogo de volta contra o Cruzeiro é na próxima quarta-feira, dia 2.

Confira as notícias do esporte gaúcho no globoesporte.com/rs



Notícias Relacionadas »
Comentários »