19/04/2022 às 08h00min - Atualizada em 19/04/2022 às 08h00min

Basquete define os semifinalistas

ALBERTO GOMIDE
Foi realizada no final de semana, no Ginásio Galegão, em Blumenau (SC), a segunda fase – quartas de final – do Campeonato Brasileiro de Basquete Masculino, definindo os semifinalistas da competição, que começou com a participação de 14 clubes. O Final Four do Brasileirão está definido. No domingo (17), no Ginásio Galegão, foi realizada a segunda rodada das quartas de final, que decretou os semifinalistas da competição. O Final Four terá Flamengo Blumenau x Liga Sorocabana e AZ Araraquara x São José. Os duelos acontecerão entre os dias 5 a 7 de maio, em Blumenau, no Ginásio Galegão, já que o Flamengo Blumenau teve a melhor campanha desde a primeira fase. 

Na segunda etapa os jogos aconteceram em melhor de três, mas todos eles foram definidos em duas partidas. A equipe do Praia Clube/Gabarito/Unimed (foto), que fez uma campanha positiva na fase classificatória, enfrentou a Liga Sorocabana (SP), um dos melhores times da competição. Com duas derrotas, de 67 a 79 e de 66 a 88, o representante uberlandense saiu do campeonato. Na etapa inicial (fase das Conferências) o Praia/Gabarito disputou 12 jogos, conquistou 8 vitórias e terminou a etapa em 2º lugar. 

Para o técnico Daniel Abrão Wattfy, agora é dar continuidade ao projeto, montado para buscar a elite do basquete brasileiro de forma gradativa e consciente. O grupo é jovem e já mostrou na competição que tem muito para evoluir. O trabalho segue e a chegada de novos torneios é fundamental para a evolução do grupo. Já para o mês de julho deve começar a LDB categoria sub-22, e aí o Praia não poderá contar com os três jogadores da categoria adulto. 

“O saldo foi muito positivo, porque tivemos vários jogos que serviram para a preparação para os jogadores sub-22, que é o nosso maior objetivo este ano”, disse o coordenador de de basquete do Praia e supervisor da equipe, Luiz Carlos Ferreira Arantes, o Luizão, ressaltando que, com esta campanha terminamos em 8º lugar no Campeonato Brasileiro (adulto) da CBB, que teve participação de 14 equipes. 

SÓ MINEIROS NAS 
FINAIS DO VÔLEI 


O vôlei nacional só tem times mineiros nas decisões dos campeonatos 2021/2022: Praia x Minas no feminino e Cruzeiro x Minas no masculino. Pelo terceiro ano consecutivo, Dentil/Praia Clube e Itambé/Minas farão a final da Superliga feminina de vôlei. Na sexta-feira (15), a equipe uberlandense venceu o Sesc-RJ Flamengo por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 26/24, 25/12 e 25/17 no terceiro jogo das semifinais, e agora vai em busca do segundo título nacional da história. Nas outras duas partidas, o Praia perdeu de 3 a 0 e ganhou a segunda por 3 a 2. 
Na outra semifinal, o Itambé/Minas eliminou o Sesi Vôlei Bauru com duas vitórias de 3 a 1, fechando a série com 2 a 0. 

Minas e Praia Clube fazem agora a terceira final seguida no campeonato, e também a terceira envolvendo apenas clubes mineiros em toda a história. Tanto nas temporadas 2018/19 como 2020/21, o Minas se sagrou campeão. Em 2019/20, a temporada foi cancelada em decorrência da pandemia da Covid-19, e no ano anterior, a equipe de Uberlândia se sagrou campeã contra o Rio de Janeiro.

Pelo regulamento da Superliga feminina, todo o playoff final é disputado com mando de quadra da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Para a temporada 2021/22, foi escolhido o Ginásio Nilson Nelson, em Brasília. As finais serão nos dias 22 e 29 de abril e 3 de maio, caso seja necessária a disputa da terceira partida.

A Superliga Masculina também terá final mineira. Na noite de sábado, o Fiat/Minas venceu o Vedacit Vôlei Guarulhos por 3 sets a 1 no jogo dois da semifinal, no Ginásio CEU Cumbica, em São Paulo, e garantiu a vaga na decisão do torneio contra o rival Cruzeiro, uma vez que havia vencido o primeiro jogo por 3 a 0. As parciais da partida foram de 19/25, 23/25, 25/17 e 18/25. Na outra semifinal da Superliga, o Sada/Cruzeiro eliminou o Sesi/SP, também por 2 a 0 na série, após 3 a 2 na primeira partida. Hexacampeão do torneio, o time de Contagem volta à decisão após duas temporadas de ausência. Já o Minas esteve na final da edição anterior, mas acabou superado pelo Taubaté. Já a equipe de Belo Horizonte tenta o quinto título da competição. 


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Leia Também »
Comentários »