07/01/2022 às 08h00min - Atualizada em 07/01/2022 às 08h00min

Balanço foi positivo no esporte da Futel

ALBERTO GOMIDE
Começo de ano é momento de fazer um balanço das atividades e ver o resultado. Com o retorno das competições de alto rendimento em 2021, as equipes da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) conquistaram grandes feitos ao longo do ano. Somente a equipe de atletismo foi responsável por trazer 29 medalhas para a cidade, além dos destaques das equipes da Ginástica Artística (foto), Vôlei e Futsal. Tais resultados foram possíveis através do empenho dos atletas, dos incentivos ao esporte por parte do município e de importantes colaborações.

As conquistas do atletismo aconteceram em importantes competições, como o Campeonato Estadual de Atletismo sub-14, sub-16 e sub-18, o Festival de Atletismo da Federação Mineira, o Campeonato Brasileiro de Atletismo sub-16 e o Circuito de Corridas de Uberaba. Já na ginástica, foram três medalhas no Torneio Nacional de Ginástica Artística, disputado em Campo Grande (MS). Nessas duas modalidades, as equipes têm como parceira o Praia Clube.

Outra modalidade em que a Futel se destacou neste ano foi o vôlei feminino. A equipe obteve o terceiro lugar no Campeonato Mineiro de Vôlei do Interior na categoria sub-15 e o quarto na categoria sub-17. No futsal, a equipe também se saiu bem e chegou às semifinais do Campeonato Mineiro de Futsal do Interior na categoria sub-11.
“O ano de 2021 foi muito produtivo para o alto rendimento da Futel, pois as equipes se destacaram em todas as modalidades que voltaram a disputar competições. Foram resultados expressivos que evidenciam a qualidade do trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Uberlândia na área esportiva”, ressaltou o diretor de esportes da Futel, Emerson José Brasileiro, ressaltando que, para o ano que se inicia, o trabalho segue com mais intensidade ainda, visando um calendário recheado de competições. 

Segundo o diretor geral da Fundação, Edson Cezar Zanatta, a expectativa para 2022 é ainda melhor. “Além da parceria com o Praia Clube, que foi firmada em julho e já tem dado excelentes resultados, uma nova colaboração foi acordada com o Essube (Esporte Social de Uberlândia) no mês passado, com o objetivo de fortalecer o futebol de base. Outra novidade é que a partir desse início de ano, a Futel passa a contar com a estrutura esportiva do Sesi Gravatás, alugada pelo período de dez anos para ser utilizada por atletas e paratletas. Tudo isso certamente fará com que o alto rendimento tenha ainda mais conquistas”, completou. 

TANGARÁ RETOMA 
JOGOS ESPORTIVOS 


Após praticamente dois anos de pandemia, que afetou e ainda atinge principalmente atividades esportivas em qualquer segmento, o Tangará Country Club retoma suas atividades neste setor. Quem afirma é o coordenador de esportes do clube, Carlos Gomes dos Santos, o Carlão, que realizará uma série de disputas esportivas a partir do mês de fevereiro, com a realização do Torneio de Verão, em diversas modalidades, envolvendo associados do clube. As inscrições podem ser feitas com o próprio diretor de esportes (Carlão) pelo fone 9-9266-2835 ou e-mail [email protected] A programação dos torneios é a seguinte: dia 06/02 – Truco, dia 13/02 – Tênis, dia 20/02 – Ping-Pong, dia 27/02 – Peteca, dia 06/03 – Vôlei, dia 13/03 – Sinuca, e no dia 20/03 começa o torneio de futebol soçaite, com jogos aos sábados à tarde e aos domingos pela manhã. 

O Tangará Country Club completa no próximo dia 30 de março 42 anos de sua inauguração. Possui um Lazy River, que na língua portuguesa significa Rio Lento. A área possui 85% em espaço verde com uma mata nativa de 60.000 m². Está em fase de construção a quinta piscina de ondas da América Latina e a primeira de Minas. Faz parte também do complexo uma piscina de águas quentes, além de campos de futebol e ginásio poliesportivo onde acontecem a maioria dos eventos ligados ao setor de esportes. Sob a presidência do empresário Odomires Mendes de Paula, o Tangará tem Rolberque Nogueira de Araújo como diretor geral, e Carlos Gomes dos Santos (Carlão) como diretor de esportes, responsável pela organização dos eventos esportivos. 


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Leia Também »
Comentários »