08/06/2021 às 08h01min - Atualizada em 08/06/2021 às 08h01min

Verdão começa bem na série “D”

ALBERTO GOMIDE
Divulgação
O Uberlândia Esporte conseguiu um resultado positivo na abertura do Campeonato Brasileiro da Série “D”. A estreia do Verdão aconteceu na tarde de sábado, em Araraquara, interior paulista, no Estádio Walter Ribeiro. A vitória de 3 a 0 não deixou dúvidas quanto a superioridade do time uberlandense, que fez uma partida envolvente, não permitindo reação do adversário, por mais que este tentasse inibir a boa conduta do alviverde em campo.
 
Desde o início, o UEC mostrava superioridade, foi mais organizado em campo e criava sempre as melhores oportunidades no jogo. Logo aos 9 minutos o Uberlândia abriu o placar, quando Kellyton marcou um golaço, cobrando uma falta da intermediária, uma bomba no ângulo do gol, sem chances para o goleiro. Com a vantagem, o time mineiro diminuiu um pouco o rendimento na partida, mas ainda assim não permitiu uma reação do adversário que pudesse colocar em risco a superioridade uberlandense. Ainda no primeiro tempo, foi marcada uma penalidade que Daniel Costa cobrou com categoria e ampliou a vantagem do UEC para 2 a 0. No segundo tempo Léo Martins selou a vitória do Uberlândia, fazendo a vitória de 3 a 0 fora de casa.
 
A rodada completa no Grupo A6, foi dominada pelos times mineiros. Além da vitória do Uberlândia por 3x0 sobre a Ferroviária, o Boa Esporte marcou goleada de 4x0 sobre o Águia Negra de Rio Brilhante (MS), a Caldense derrotou o Rio Branco Atlético Clube de Vitória (ES) por 2x1, enquanto o Patrocinense empatou em casa, em 1x1, com o Rio Branco Futebol Clube de Venda Nova do Imigrante (ES).
 
Na próxima rodada, o Uberlândia recebe o Rio Branco Atlético Clube de Vitória, sábado, no Estádio Parque do Sabiá, às 16 horas; já o Rio Branco Futebol Clube de Venda Nova joga em casa, domingo, no Estádio Olimpio Perim, às 15h, contra o Boa Esporte; a Caldense também joga em casa, no Estádio Dr. Ronaldo Junqueira, domingo, às 16h; e o Patrocinense vai a Rio Brilhante (MS) enfrentar o Águia Negra, no domingo, às 16h, no Estádio Ninho da Águia.
 
Ciclistas treinam à noite no parque
 
Com o retorno do ciclismo noturno no Parque do Sabiá desde o início de maio, tem crescido o número de ciclistas que pedalam no principal cartão postal de Uberlândia. De segunda a quinta-feira, quando a ciclofaixa é liberada exclusivamente para treinamento, passam pelo local uma média de 80 pessoas por noite. Já às sextas-feiras, quando acontece o Pedal da Família, são mais de 50. O ciclismo noturno é oferecido das 20h às 22h, de segunda a sexta-feira, no sentido anti-horário da pista, com entrada permitida até as 21h, exclusivamente pela portaria do Santa Mônica.
 
Para praticar o ciclismo no Parque do Sabiá, é necessário usar capacete, luvas, farol e ter lanternas de led nas bikes. Também é preciso fazer, na portaria do bairro Santa Mônica, um cadastro junto à Futel para poder participar da atividade à noite. Para se cadastrar, basta apresentar um documento com foto.
 
O ciclista Weverton Gonçalves, conhecido como “Caverão”, aprova. “Esse horário ficou perfeito para nós, ciclistas, pois nos permite pedalar em um local lindo e com uma excelente estrutura, em total segurança. Agradeço e parabenizo a Prefeitura de Uberlândia e a Futel pela iniciativa”, destacou.
 
A ciclista Andréa Cardoso concorda. “Foi uma iniciativa bastante importante, pois é um espaço seguro, em que podemos treinar com total liberdade. A Futel fez um excelente planejamento para oferecer o ciclismo noturno e, com isso, pôde beneficiar muitas pessoas”, completou.
Segundo o diretor geral da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), Edson Cezar Zanatta, o ciclismo à noite dentro do Parque tem sido muito elogiado.
 
“Essa era uma antiga reivindicação dos ciclistas de Uberlândia e, quando passou a ser oferecido, em dezembro de 2019, esse horário especial supriu uma necessidade daqueles atletas que precisavam de um local seguro para treinar à noite. Agora, durante a pandemia, também temos mantido um protocolo de segurança rígido para que todos se sintam confortáveis para praticar a atividade”, ressaltou.
 
 

Esta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Tags »
Relacionadas »
Comentários »