16/04/2021 às 14h30min - Atualizada em 16/04/2021 às 14h30min

Vôlei masculino: Minas quer título

ALBERTO GOMIDE
Divulgação
Doze anos depois, o Minas, um dos times mais tradicionais do vôlei brasileiro, reconhecidamente um dos maiores formadores de atletas do país, está, novamente, numa final de Superliga Masculina de Vôlei. Para chegar à final, o Minas Tênis derrotou o Vôlei UM Itapetininga nas duas partidas por 3 a 0, enquanto o EMS Taubaté Funvic eliminou o Vôlei Renata Campinas por 3 a 1 e 3 a 0.

A decisão começou anteontem, em Saquarema (RJ), na “bolha do vôlei”, com um grande jogo e vitória do Taubaté por 3 a 2, no tie-break. O segundo confronto acontece nesta sexta-feira (16), no mesmo local e horário (19h), e mais uma vitória do Taubaté, não haverá necessidade do 3º jogo, marcado para domingo (18). O time mineiro joga a cartada final hoje e a ordem é vencer para decidir o título no 3º jogo.

A última vez que o Minas havia chegado à final da Superliga foi na temporada 2008/2009, quando perdeu para a Cimed/Florianópolis na decisão. O último título foi em 2006/2007, quando venceu justamente o time de Santa Catarina na decisão. O Minas tem sete títulos brasileiros: – 1999/2000, 2000/2001 e 2001/2002 e 2006/2007, quando a competição passou a se chamar Superliga, e 1984 a 1986, quando era o Brasileiro.

Na luta por mais um título, o Minas Tênis Clube conta com o ponteiro Henrique Dantas Nóbrega Honorato (foto), que nasceu em Campina Grande (PB), em março de 1997, mas veio para Uberlândia com dois anos de idade. Honorato foi revelado nas categorias de base no vôlei de Uberlândia e jogando pelo Colégio Gabarito de Uberlândia foi bicampeão mineiro pré-mirim (2010 e 2011) e também bicampeão no mirim nos mesmos anos, defendendo a equipe da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), com o técnico Deivid Rotta. Ao longo da carreira, até hoje, Honorato já serviu a Seleção Brasileira na conquista da medalha de prata no Campeonato Sul-Americano sub-21 de 2016, na Argentina, e foi campeão da Copa Pan-Americana sub-21 de 2017, no Canadá, e ainda foi semifinalista no Campeonato Mundial Juvenil de 2017, na República Tcheca. Henrique Honorato é filho do ex-jogador e hoje técnico da equipe Academia do Vôlei Uberlândia, Manoel Honorato Neto, que também disputa a elite do vôlei masculino brasileiro.
 
MÓDULO-II REALIZA CONSELHO TÉCNICO
A Federação Mineira de Futebol (FMF) já realizou o Conselho Técnico do Campeonato Mineiro 2021 – Módulo II. Em reunião virtual, estiveram presentes representantes da FMF e diretores do Betim Futebol, Serranense, Democrata-SL, Democrata-GV, Guarani de Divinópolis, Ipatinga, Nacional de Muriaé, Aymorés, Tupi e Tupynambás, ambos de Juiz de Fora, União Luziense e Villa Nova de Nova Lima. O sistema de disputa será o mesmo da temporada 2020, em obediência ao Estatuto do Torcedor.

A fase classificatória será em turno único (11 rodadas) e o quadrangular final em turno e returno (6 rodadas). O Campeonato Mineiro do Módulo-II terá início no dia 3 de julho, com término da fase de classificação no dia 28 de agosto. O quadrangular será disputado do dia 4 de setembro ao dia 2 de outubro.

Os jogadores deverão ser inscritos até o dia 30/6, para que haja tempo hábil para inserção no sistema da CBF e os atletas estejam em condição de jogo para o dia de início da disputa. Poderão ser registrados atletas até o dia 3/9, véspera do início do quadrangular decisivo.

Cada clube pode inscrever 30 atletas. O grupo pode contar com número irrestrito de jogadores acima dos 24 anos, mas somente poderão ser utilizados sete atletas com idade superior por jogo. Os clubes classificados para o quadrangular final poderão alterar a lista de 30 inscritos com a troca de cinco jogadores.

Após votação entre os clubes, ficou definido que o acesso de público, caso seja permitido pelas autoridades de saúde, será liberado conforme realidade local.
 


Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Relacionadas »
Comentários »