03/03/2021 às 08h00min - Atualizada em 03/03/2021 às 08h00min

Qual Uberlândia Esporte você viu?

ADRIANO SANTOS
Divulgação
Já estava na hora, nosso Verdão entrou em campo pela 1° rodada do Campeonato Mineiro de Futebol de Campo, nada mais e nada menos que a estreia contra o Cruzeiro, que hoje passa por reestruturação, mas é o Cruzeiro, Cruzeiro de tantas conquistas e que breve voltará ser o que já foi.
 
Ao assistir o jogo do Uberlândia Esporte e acompanhar entrevistas e as redes sociais, me perguntei qual jogo eu vi?
 
Eu vi uma evolução gigantesca na proposta de jogo, na estratégia e na metodologia de trabalho.
 
Tuca atraiu o Cruzeiro a sua defesa no 1° tempo, e sabia que poderia contar com as fugas dos laterais, Tuca não disse isso em entrevista nenhuma, mas a impressão que eu tenho é que gol saiu de uma bola bem treinada entre roubar a bola e corre pelo corredor, ou beiradas ou laterais.
 
As coberturas do 1° tempo foram excelentes, as oportunidades que Uberlândia teve e se manteve com a bola foi obviamente pelos lados do campo.
 
A entrega do Jovem Léo camisa 7 me surpreendeu, como é rápido, sem preguiça e sabe que a bola não poderia ficar muito tempo no seu pé.
 
Do lado esquerdo do jogo, a intenção tática era perfeita, jogar com a perna trocada, mas o camisa 11, Luizinho não conseguia segurar a bola na beira do campo, tentava sempre ele contra 2 ou atletas do Cruzeiro, talvez ali teria um meia, que pela linha de quatro no meio, não conseguiu ser efetivo, esse Uberlândia Esporte do 1° tempo é o melhor Uberlândia Esporte que temos.
 
Ressalvas para o goleiro, Marcão, não é bom, não passa segurança, joga adiantado pensando em intimidar a linha de finalização, extremamente lento, e com certeza o novo goleiro anunciado ontem, vem pra ser titular.
 
Já o segundo tempo, as trocas foram desastrosas, talvez a proposta tática era legal, mas o nível técnico caiu muito, a saída do Reis para entrada do Daniel é brincadeira de mal gosto, Daniel é mídia, mas está extremamente pesado, sem ritmo nenhum de jogo, e precisa urgente do que o Altamir Júnior entende muito bem, correr, Daniel não é ruim, mas precisa estar em forma, sabemos que o Reis não jogará 90 min.
 
Judson recuou demais, e com saída do Felipe o time perdeu a chance de contra atacar, a entrada do jovem Douglas, prata da casa, que por sinal sempre foi um excelente jogador, naquele momento foi e é inaceitável, o Cruzeiro teve do seu lado direito muitos oportunidades, Douglas está fora de forma, não conseguiu marcar, aos 39 do segundo tempo, quando Sobis quase marcou dentro da área era nítido ver o Douglas e o Paranhos trotando pra entrar na área, em funções que os mesmos poderiam ser cobertura.
 
Aos 46 do segundo tempo, quando o Cruzeiro faz o Gol, de novo pelo lado direito, de novo Paranhos e Douglas, transformou o mesmo lado numa livre Avenida!
 
O Uberlândia Esporte do segundo tempo faltou peças, pernas, óbvio que jogar contra o Cruzeiro é difícil, mas Tuca já tinha planejado o jogo e sabia da dificuldade que seria.
 
Eu vi dois jogos, o 1° tempo assertivo e um 2° Tempo que me ligou o sinal de alerta!
 
Apesar que o Uberlândia Esporte não terá muito tempo, Tuca e a comissão técnica precisa de tempo, para o Campeonato Mineiro esse time fica entre os 8, entre os 4 precisa de trocas.
 
Quero também comentar o convite que o Uberlândia Esporte Clube fez ao Gustavo de Paula e ao Monte Alegrensse Márcio Júnior, atletas que precisam de oportunidades, como a que deram ao jovem Douglas.
 
Paixão Futebol. Vai começar de novo!
 
Pra cima Verdão.


Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Leia Também »
Comentários »