19/02/2021 às 09h00min - Atualizada em 19/02/2021 às 09h00min

Os campos estão prontos e a LUF tem calendário

ALBERTO GOMIDE
Novo banco de reservas e arquibancada (ao fundo) I Foto: Divulgação
Responsável pelos equipamentos esportivos da Prefeitura, a Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) administra todos os poliesportivos da cidade e alguns núcleos, e tem ainda parcerias com 36º BIMec, LUF, Lagoinha, Vila Olimpica e Sesi/Mansour. O UTC, Roosevelt e o Centro de Iniciação Esportiva (CIE) não têm futebol de campo. Os poliesportivos, com campos e ginásios são Luizote de Freitas, Tancredo Neves, João Naves de Ávila (Patrimônio), Custódio Pereira, Dona Zulmira, Segismundo Pereira, Santa Luzia, São Jorge, Tocantins, Jardim Brasília, Jardim América, Canaã e o Distrito de Tapuirama.

Estes equipamentos são responsáveis por sediar a maioria dos eventos esportivos que acontecem em Uberlândia. Eles recebem, principalmente, os eventos do futebol de campo, sendo o carro-chefe deles o Campeonato Amador, promovido pela Liga Uberlandense de Futebol, em duas divisões, com mais de 30 clubes, sem se falar em outros torneios realizados pela entidade. E os equipamentos estão prontos para receber os eventos. É só a critica situação do momento mudar (e muito) para que o Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19 possa fazer uma avaliação profunda sobre a possibilidade de liberação para esta finalidade.

Como os campos foram fechados ainda no primeiro semestre do ano passado, a Futel tomou a iniciativa de promover as devidas e necessárias reformas durante a pandemia, para colocá-los nas melhores condições possíveis para utilização, quando surgir condição para tal. Nos gramados foram retiradas pragas e replantadas gramas nos lugares mais desgastados, fazendo o acompanhamento com adubagem e podas da grama. Além dos gramados, todos os demais setores foram também revitalizados, inclusive ganhando benfeitorias, como cabines para os profissionais de imprensa.

No Poliesportivo Luizote de Freitas, inaugurado em 1985, entre outras melhorias, foi feito serviço de contenção de água para evitar alagamento no período chuvoso, plantio de grama nos espaços livres em volta do gramado, para impedir erosões. A arquibancada e vestiários passaram por melhoramentos, e um novo banco de reservas foi construído (foto), entre o já existente e a cabine de imprensa, também implantada como novidade. Uma academia ao ar livre foi instalada, e o ginásio foi completamente reformado.

Como parte das ações de manutenção em seus equipamentos, a Futel aproveita o espaço de tempo parado com a pandemia, para realizar os serviços. Cada um passando até por algumas alterações físicas, além da revitalização para melhorar a apresentação visual e condições de utilização em todos os setores do complexo. Enfim, são vários os equipamentos que já passaram pelas reformas, e, segundo o diretor Edson Zanatta, os trabalhos prosseguem naqueles que ainda não foram contemplados.

“Todas essas melhorias visam oferecer ainda mais conforto e segurança aos frequentadores dos locais, que serão liberados à população assim que a pandemia da Covid-19 chegar ao fim”, ressaltou o diretor.

Por sua vez, a organizadora dos principais campeonatos amadores da cidade está com o calendário 2021 completamente pronto. Agora é trabalhar, torcer e esperar que a situação de momento da pandemia seja revertida, até chegar a uma situação em que as autoridades responsáveis tenham condições de pensar numa possível análise de liberação.
 


Esta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
 
Relacionadas »
Comentários »