22/01/2021 às 08h00min - Atualizada em 22/01/2021 às 08h00min

Uberlândia Vôlei segue na Liga "C"

ALBERTO GOMIDE
Na foto, o jogador Lorenzo, que permanece no grupo, e o técnico Fernando Alves I Foto: Divulgação
O idealizador do projeto Uberlândia Vôlei, Fernando Alves Gomes, disse, ontem, ao colunista, que já começou os trabalhos com a equipe para a temporada 2021, visando sua segunda participação na Superliga C de Vôlei Masculino, promovida pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

A primeira iniciativa foi realizar uma seletiva digital, que teve participação de 301 candidatos. Isto feito, vai realizar, no próximo dia 25, a seletiva presencial, com 40 selecionados na etapa inicial. Os trabalhos são realizados no ginásio do Clube de Caça e Pesca, parceiro da iniciativa, que surgiu em 2016, apenas como um projeto social, conseguindo no ano passado dar os primeiros passos em competições profissionais.

O técnico Fernando Alves informou que está tudo certo e vai disputar novamente a Superliga C e que pretende montar um grupo visando se classificar, ao final, para a Superliga B. “Já temos uma base, vinda do ano passado, e agora estamos trabalhando na conquista de novos valores para a equipe, acreditando numa campanha positiva na busca do acesso”, assegurou o dirigente. A CBV ainda não definiu praticamente nada sobre o campeonato, mas tudo indica que será iniciado somente no segundo semestre.

O treinador garante que o objetivo maior do projeto continua intocável, mantendo as atividades com as categorias de base, envolvendo mais de 100 alunos/atletas que, além do esporte, trabalham também com o social, principalmente na vida escolar. “Sempre foi um sonho chegar à Superliga, mas o essencial do projeto jamais será esquecido. Estamos cumprindo o objetivo maior, que é dar oportunidade aos atletas do nosso projeto social de crescimento pessoal e profissional através do vôlei”, afirmou.

Fernando Alves esclareceu, ainda, que o projeto Uberlândia Vôlei trabalha em todas as categorias de base - sub-15, sub-16, sub-17, sub-19 e sub-21, além de dois núcleos sociais, que tem através de parcerias com outras instituições. As categorias de competição treinam no ginásio do Clube de Caça e Pesca e os núcleos sociais desenvolvem suas atividades no IFVC no bairro Jardim Holanda e na ONG Nova Canaã, no bairro Patrimônio. Na estreia do Uberlândia Vôlei na Superliga C a equipe foi montada somente por atletas da categoria sub-21, que estão no projeto desde o seu início.
 
EMPATE FOI BOM PARA O UBERABA
 O empate sem abertura de contagem, anteontem, em Ubá, contra o líder Aymorés, foi um bom resultado para o Uberaba Sport, que também está bem colocado no hexagonal final do Campeonato Mineiro do Módulo-III, ficando em segundo lugar, pelo saldo de gols. Os dois, agora, somam 7 pontos, e são perseguidos pelo União Luziense, que venceu o Contagem por 4x1 e soma 6 pontos. O Poços de Caldas conseguiu a sua primeira vitória, derrotando o Santarritense por 2x1 e tem 3 pontos, enquanto Santarritense e Contagem têm 1 ponto cada.

A penúltima rodada, neste sábado (23), tem a seguinte programação: Santarritense x Uberaba Sport, às 11h, no Estádio Municipal José Barbosa Nadalini, em São Sebastião da Bela Vista; Contagem x Aymorés, às 11h, no Estádio das Alterosas - Sesc Venda Nova, na capital; União Luziense x Poços de Caldas, ás 15h30, no Estádio Municipal Victor Andrade de Brito “Frimisa”, em Santa Luzia.

Pelo andamento das disputas, tudo indica que campeão e vice só serão mesmo definidos na última rodada. Com o União Luziense encostado nos lideres Aymorés e Uberaba, os três chegarão na última rodada com um ou dois pontos no máximo de diferença, o que provocará uma disputa acirrada nos três jogos para se conhecer quem vai para o Módulo-II.

*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

 
Relacionadas »
Comentários »