18/12/2020 às 08h00min - Atualizada em 18/12/2020 às 08h00min

Liga de futsal definiu seleção

ALBERTO GOMIDE
A Liga Nacional de Futsal divulgou ontem a seleção 2020 do seu campeonato. Além das duas equipes finalistas, Magnus/Sorocaba e Corinthians, o Joinville teve destaque na votação. Foram mais de 30 mil votos que elegeram o time ideal, o melhor treinador e a revelação da competição. O torcedor poderá votar também a partir de agora no “Craque” da edição histórica de 25 anos da Liga Nacional de Futsal. Os treinadores, de cada um dos 21 clubes participantes do campeonato, escolheram os três atletas por posição, ficando a cargo da votação popular a eleição do melhor.

O Magnus teve três nomes vitoriosos, enquanto Corinthians e Joinville, dois. Comandante da única equipe invicta até agora, 16 vitórias e 3 empates em 19 jogos, Ricardo Di Izeppa, o Ricardinho (foto), do Magnus, foi eleito o melhor treinador. As estatísticas ajudam a explicar a escolha: melhor ataque, melhor mandante, melhor visitante, liderança em chutes a gol e desarmes. Caso conquiste também o caneco, será o primeiro de Ricardinho na condição de técnico.
 
A Seleção da LNF 2020 ficou assim: goleiro – Willian (Joinville), fixo – Rodrigo (Magnus), ala direito – Murilo (Corinthians), ala esquerdo – Leozinho (Magnus) e pivô – Dieguinho (Joinville). O atleta revelação foi Guilhermão (Corinthians), e o melhor técnico foi Ricardinho, do Magnus/Sorocaba.
 
A LNF encerra-se no próximo domingo com a segunda partida entre Magnus/Sorocaba e Corinthians, às 13h15, em Votorantim (SP), com transmissão do SporTV. No primeiro confronto houve empate em 1 a 1, e, domingo, novo empate provoca uma prorrogação. Se persistir a igualdade o Magnus será o campeão, por ter melhor campanha. Ao Corinthians resta a vitória para ficar com o titulo. O Magnus está a um jogo de se tornar o primeiro campeão invicto da história da Liga Nacional de Futsal. Criada em 1996, a competição jamais teve um vencedor que sustentou uma invencibilidade ao longo de toda a temporada.
 
Finotti joga em Joviânia
A equipe amadora do Jardim Finotti Futebol Clube de Uberlândia acertou um jogo amistoso para o próximo domingo (20) na cidade goiana de Joviana, às 10 horas, no Estádio Municipal Genésio de Sales, contra o Goiatuba Esporte Clube. Segundo o diretor do Finotti, Ricardo Alberto Gouveia, o objetivo da partida é promover a integração e, mais que isto, levar ao empresariado a proposta da equipe uberlandense, que nasceu para somar forte com o futebol amador de Uberlândia.
 
“Desde a criação do Finotti, nossa proposta é chegar à divisão especial do futebol amador da cidade. Nesses primeiros anos estamos participando de vários e importantes campeonatos oficiosos, visando projetar o clube no cenário esportivo uberlandense, e, para tal, precisamos de formar parcerias, senão, fica muito dificil montar uma equipe bem competitiva para chegar ao Amador da LUF”, diz Ricardo Gouveia, ressaltando que a meta é promover a filiação à LUF e iniciar a participação na divisão de acesso no próximo ano.
 
Uberaba busca vaga no mineiro
O Campeonato Mineiro da Segunda Divisão (que na verdade é a 3ª divisão) fecha a primeira fase neste final de semana. São 10 equipes em duas chaves, classificando 6 (3 de cada grupo). O Uberaba Sport Club, único representante da região, tem fortes chances de se classificar no grupo para o hexagonal final.
 
Vai jogar fora de casa contra o Passense e um empate já o garante na decisão. A classificação está assim: Chave A – Poços de Caldas com 7 pontos, Atlético de Três Corações e Uberaba com 5, Santarritense de Santa Rita com 4 e o Passense de Passos ainda não pontuou; Chave B – Aymorés de Ubá com 9 pontos, União Luziense de Santa Luzia com 7, América de Teófilo Otoni com 4, Contagem com 3 e o Bétis de Ouro Branco ainda não marcou ponto. A última rodada desta etapa inicial marca: Chave A – Passense x Uberaba e Santarritense x Poços de Caldas, folga o Atlético Tricordiano; Chave B – Bétis x Aymorés e Contagem x América, folga o União Luziense.
 

*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
 
Relacionadas »
Comentários »