11/12/2020 às 08h00min - Atualizada em 11/12/2020 às 08h00min

Futsal caminha rumo à decisão

ALBERTO GOMIDE
A Liga Nacional de Futsal está na reta final com o seu campeonato 2020. Estava marcada para ontem a última partida das semifinais, entre Corinthians e Joinville. No primeiro jogo o time paulista venceu por 4x2. Na outra série, o Magnus/Sorocaba garantiu vaga na decisão ao passar pelo Tubarão com vitórias de 6x0 e 2x1. Antes, nas quartas de final, ainda com o Praia Clube Uberlândia, as rodadas ficaram assim: Magnus/Sorocaba 3x3 e 6x2 Cascavel; Tubarão 2x2 e 6x3 Praia Clube; Corinthians 2x2 e 3x2 Carlos Barbosa; Joinville 5x1 e 2x3 Pato Branco, com o Joinville vencendo de 2x0 na prorrogação. O primeiro jogo da decisão do titulo deverá ser no domingo.
 
A campanha do Magnus na LNF impressiona. Em 18 jogos, são 16 vitórias e dois empates. É o único time invicto no campeonato. Será a quarta final de Liga Nacional do Magnus, que foi campeão em 2014 e vice em 2016 e 2019. O Magnus aguarda o vencedor do confronto entre Corinthians e Joinville, que jogariam ontem, para conhecer o adversário da final. O time do Magnus, que vem fazendo a melhor campanha da competição, tem os seguintes jogadores: Djony, Rodrigo, Leandro Lino, Leozinho e Charuto. Reservas: Lucas Oliveira, Lucas Gomes, Danilo Baron, Kevin, Pedrinho, Marinho, Alisson, Ricardinho e Israel. Técnico: Ricardo Di Izeppe – Ricardinho, paulista de 43 anos, que antes se revelou como um dos melhores jogadores de futsal do Brasil.
 
Um dos destaques do Praia Clube na Liga Nacional de Futsal 2020, o ala Zazá foi um dos indicados à Seleção da LNF e concorre na categoria “revelação”. Guilhermão, do Corinthians, e Pedrinho, do Magnus, foram os outros indicados. Uma votação popular no site da Liga definirá o escolhido. O resultado será anunciado no domingo. Zazá, de 25 anos, marcou oito gols na campanha do Praia Clube, muitos deles em momentos decisivos, e foi o artilheiro do time de Uberlândia na competição.
 
Minas passa 2020 sem campeonatos
O extenso calendário da Federação Mineira de Futsal desapareceu neste atípico 2020. Só agora, ao apagar das luzes, está conseguindo realizar um campeonato, mesmo assim na capital e em apenas uma categoria. Depois de ter sido aprovado pela Prefeitura de Belo horizonte, através da Secretaria Municipal de Saúde, o protocolo de retorno das competições da Federação, o chute inicial foi dado com o Campeonato Metropolitano Sub-17, realizado semana passada, com todas as partidas disputadas no ginásio do Minas Tênis Clube – Arena Minas, que aconteceu sem a presença de público e respeitando todos os protocolos de higiene recomendados.
 
Normalmente são realizados campeonatos em todas as categorias, masculino e feminino, capital e interior, além de outros eventos ligados à modalidade. Como 2020 está chegando ao final, não haverá tempo para realizar outros campeonatos, principalmente no interior, devido também às distâncias. A expectativa para 2021, no entanto, é recuperar o tempo perdido (se a pandemia permitir) e cumprir todo o seu calendário já a partir dos primeiros meses.
 
No Sub-17 Metropolitano aconteceu até agora apenas a fase preliminar, que foi encerrada com esta classificação: Minas Tênis com 9 pontos, Olympico Club e Athletic Club de São João del Rei com 6, Minas Tênis Náutico e Itabira com 3, e o Clube Bom Pastor de Juiz de Fora não pontuou. Os quatro primeiros colocados estão classificados para a fase final que acontecerá a partir do dia 18, envolvendo Minas Tênis, Olympico, Athletic e Minas Náutico.


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

 
Relacionadas »
Comentários »