17/10/2020 às 08h00min - Atualizada em 17/10/2020 às 08h00min

Você pensa demais? Hummmm! Sei!

KELLY BASTOS (DUDI)
Bom dia!

Você sabia que pensar demais pode chegar a nos desequilibrar?  Portanto, quando você se pegar fazendo isso, aprenda a parar e a raciocinar que tudo isso que te atormenta está apenas na sua mente.

Há pessoas que pensam pouco e outras que pensam muito. Nenhum extremo é positivo, por isso, pensar demais pode ter consequências terríveis, viu?

Você é uma daquelas pessoas que sempre dão voltas pensando sobre tudo o que te acontece? Alguma vez você não conseguiu dormir porque não conseguia parar de pensar? O ato de pensar demais pode se tornar seu pior inimigo, por isso, é importante, desde hoje, agora, conhecer este terrível hábito em profundidade e saber como tratá-lo, segundo a nossa consultora Eliana Alves Pereira, psicóloga!

De acordo com a psicóloga, “As pessoas que pensam demais passam muito mais tempo em sua mente do que vivendo a realidade. Por inércia, passamos muito mais tempo pensando, porque é algo que não podemos evitar”.

“No entanto, há muitas pessoas que se refugiam em seus pensamentos e vivem verdadeiras aventuras em sua mente. O que acontece na vida real? Por que não colocam o que está em sua mente em prática? É possível que suas vidas não sejam muito divertidas ou cheias de experiências, porque não se atrevem a tornar seus pensamentos realidade. Talvez tenham medo. Mas, de quê?”

“O ato de pensar muito também faz também com que evitemos continuamente a pensar no aqui e no agora. Sem dúvida, as lembranças do passado ressurgem e você sonha com um futuro próspero. Mas, você sabia que talvez isso não faça sentido?”
“Além de tudo isso, pensar tanto não te permite viver; a vida será apenas um ato passivo. O importante é saber passar o que está na sua mente para a vida real, convertendo isso em experiências verdadeiras”.

Os pensamentos e as preocupações
“As pessoas que pensam demais têm outro grande problema que assola as pessoas hoje em dia: as preocupações. Quando você pensa muito é porque algo te preocupa, seja seu passado, seu futuro, alguma situação ou pessoas ao seu redor. Tudo isso o mergulha em um turbilhão do qual é difícil escapar. Às vezes não nos damos conta, mas nos preocupamos por coisas das quais não deveríamos prestar tanta atenção. Talvez sua insegurança seja o que causa tudo isso”.

“Alguma vez você já reviveu uma circunstância repetidamente? Uma frase que você disse a um amigo ou uma situação em que alguém ficou com raiva? Você retorna a esse cenário várias vezes pensando em outro tipo de saída”?

“No entanto, de nada serve reviver o passado, porque não podemos modificá-lo. Portanto, preocupar-se com o que fizemos é inútil. O mais inteligente é olhar para o presente e seguir em frente”.

“Se você está sempre analisando a sua vida, todas as suas interações ou todos os passos que dá, é o momento de parar de fazer isso”.

“Mas, como?, você pode se perguntar. Existem algumas dicas, que passo para os meus clientes e que podem servir para essas ocasiões nas quais parece impossível parar seus pensamentos.”

Fale com um amigo - Desta maneira você evita que sua mente divague sem sentido. Comente suas preocupações para tirar as dúvidas e evitar pensar muito em uma situação que, provavelmente, não merece tanto protagonismo.

Escreva o que você pensa - Escrever em um diário pode ser muito benéfico para desabafarmos e expressarmos o que sentimos. Assim, você poderá se livrar de todos esses pensamentos que te sufocam, e  também poderá vê-los de outra perspectiva.

Distraia-se - Seja com algo que você goste de fazer ou com uma atividade do seu interesse. Distrair-se te ajudará a não ficar concentrado em tudo o que apenas atormenta a sua mente. Às vezes pensamos muito porque temos muito tempo livre.

Seja consciente e repita “chega!” - Se você é consciente de que não pode parar de pensar no que o preocupa, diga “chega!”. Dessa forma, você se obrigará a focar em outra coisa, a parar esse loop no qual você se submeteu. Diga isso quantas vezes for necessário.

Depois de ler esse artigo, te pergunto: e você, alguma vez  se pegou pensando demais? Lembre-se: às vezes, damos muito mais importância às coisas do que elas realmente merecem. O fato de um amigo não conversar tanto quanto antes ou você acreditar que falam mal de você, podem ser apenas fruto da sua imaginação. 
Cuide-se para não pensar demais no que não merece sua preocupação. Às vezes, muitas coisas estão apenas na sua mente, viu?

Bom final e boa semana!


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Relacionadas »
Comentários »