16/06/2020 às 09h24min - Atualizada em 16/06/2020 às 09h24min

MADEIRA GARANTE FUTSAL ESTE ANO

ALBERTO GOMIDE
A longa paralisação do futsal por conta da pandemia do coronavírus não será um impeditivo para que todas as competições previstas para 2020 sejam realizadas. Quem garante é o presidente da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), Marcos Antônio Madeira (foto). O presidente revelou na semana passada que a entidade programou um novo calendário com início em setembro - tal programação não contempla a Liga Nacional de Futsal, entidade independente, que busca iniciar a sua competição em agosto ou setembro.

“A situação do futsal não poderia ser diferente dos demais segmentos da sociedade, mas posso garantir: realizaremos todos os campeonatos previstos para 2020. Já refizemos o calendário várias vezes. Primeiro para recomeçar em julho, depois em agosto e agora em setembro. A única coisa que vai ficar para 2021 serão as semifinais e finais da Copa do Brasil”, destacou.

Prevista para acontecer em março, a Supercopa de Futsal - competição que dá vaga à Libertadores - deverá abrir o calendário. A cidade de Erechim (RS), está mantida como sede do evento. Programada inicialmente para acontecer entre os dias 14 e 20 de junho, em Tubarão (SC), a Taça Brasil de Clubes ainda não tem uma nova data definida.

Quanto ao Mundial Feminino, marcado para julho, Madeira disse que já há um acerto para que o torneio ocorra no fim do ano - novembro e dezembro. Escolhida para receber a competição, a cidade de Xanxerê (SC) está mantida como sede do evento.
“Infelizmente não teremos como ajudar clubes e federações, temos conversado bastante com eles e essa é a realidade do momento. Teremos um mundo antes e outro depois da pandemia”, acrescentou o mandatário do futsal no Brasil.
 
FUTEL CANCELA DUAS CORRIDAS

Por conta da pandemia da Covid-19, a Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) cancelou a realização da 15ª Corrida de Revezamento Uberlândia/Romaria, que seria realizada no dia 25 de julho, e da 4ª Corrida Alferes Run, que aconteceria em 20 de setembro, em parceria com a 9ª Região de Polícia Militar. No último mês, também já havia sido cancelada a Corrida do Trabalhador, que aconteceria em 2 de maio. A Corrida de Revezamento Uberlândia/Romaria marcaria o início da 150ª festa de Nossa Senhora da Abadia, padroeira do Triângulo Mineiro, celebração que foi adiada pela Diocese de Uberaba para 2021.
 
OS 70 ANOS DO MARACANÃ

Hoje é dia 16 de junho. Nesta data, há 70 anos (1950), acontecia o primeiro jogo de futebol no novinho Estádio Jornalista Mário Filho, ou, simplesmente, Maracanã, construído para a Copa do Mundo que aconteceria naquele ano no Brasil. O jogo inaugural no estádio, com portões abertos, foi um amistoso entre Seleção Carioca e Seleção Paulista, com vitória dos visitantes por 3 a 1, com o meio-campista Didi, do Fluminense, marcando o primeiro gol, defendendo a Seleção Carioca. Uma festa, com inúmeras solenidades envolvendo as maiores autoridades do país. No entanto, no dia 16 de julho de 1950, aconteceu a grande final da Copa do Mundo, quando o Brasil foi vencido pelo Uruguai por 2 a 1, calando os quase 200 mil torcedores (199.854) presentes ao estádio. Ao longo do tempo, no entanto, o estádio passou a assumir caráter de espaço multiuso ao receber outros eventos como espetáculos e partidas de outros esportes. Após diversas obras de modernização, a capacidade do estádio é de 78.838 espectadores, e continua sendo o maior estádio do Brasil. O primeiro clube a conquistar um título no estádio foi o Vasco da Gama, em 1951, vencendo o América. O Maracanã foi palco do milésimo gol da carreira de Pelé (Vasco 1 a 2 Santos, em 19 de novembro de 1969) e também da despedida do Rei do Futebol da Seleção Brasileira (Brasil 2 a 2 Iugoslávia, em 18 de julho de 1971). As maiores goleadas da história do Maracanã foram Flamengo 12 a 2 São Cristóvão, pelo Campeonato Carioca de 1956, e Espanha 10 a 0 Taiti, pela Copa das Confederações, em 2013. O Ginásio poliesportivo que faz parte do complexo é conhecido como Maracanãzinho e foi inaugurado em 1954, já tendo recebido grandes eventos, como Campeonatos Mundiais masculinos de basquete de 1963 e de vôlei de 1990. Sua capacidade é de 8.257 espectadores.



Esta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Relacionadas »
Comentários »