14/07/2019 às 09h00min - Atualizada em 14/07/2019 às 09h00min

Você é sensível?

KELLY BASTOS (DUDI)

Ser mais reflexivo, preocupado com os sentimentos dos outros e preferir ambientes mais quietos e menos caóticos são algumas das características que podem indicar algo que você já suspeitava: você é uma pessoa ultrassensível. Mas não se sinta só. De acordo com a psicóloga e nossa consultora, Eliana Alves Pereira, esse traço de personalidade é bastante comum e está presente em uma a cada cinco pessoas.

Depois de várias experiências e estudos, a profissional desenvolveu uma autoavaliação para ajudar as pessoas a descobrirem se são altamente sensíveis. Ela destaca que pessoas com alto grau de sensibilidade ainda são consideradas como uma "minoria". Mas lembra: "ser minoria, neste caso, não é exatamente algo ruim. Na verdade, ter a sensibilidade aguçada implica em possuir várias características positivas", considera a psicóloga, que listou algumas das principais características de pessoas extremamente sensíveis. Confira e veja se você se identifica com elas:

1. Sentem as coisas de forma mais profunda - Uma característica que distingue as pessoas altamente sensíveis é a habilidade de sentirem mais profundamente as coisas do que seus pares menos sensíveis. Pessoas assim são muito intuitivas e mergulham fundo em si mesmas, e assim entendem o mundo e as outras pessoas.

2. Têm reações mais emotivas - Pessoas com alto grau de sensibilidade reagem de forma mais intensa às situações. "Por exemplo, elas demonstrarão mais empatia e sentirão maior preocupação com os problemas de um amigo", afirma. Elas também podem ficar mais preocupadas sobre como outra pessoa irá reagir ao enfrentar um acontecimento negativo.

3. Preferem fazer exercícios sozinhas - Pessoas extremamente sensíveis tendem a evitar esportes em grupo, onde existe a sensação de que todos estão observando cada movimento que fazem, diz Eliana. Em suas experiências, a maioria das pessoas altamente sensíveis preferiam praticar esportes individuais, como o ciclismo, corrida e trilha.

4. Demoram mais para tomar decisões - "Os ultrassensíveis possuem uma percepção maior das sutilezas e detalhes que poderiam dificultar a tomada de decisões", diz ela. Ainda que não haja uma decisão "certa" ou "errada" tendem a demorar mais para escolher, pois estão pesando cada resultado possível. Por outro lado, ficam mais chateadas se tomam uma decisão "ruim" ou "errada".

5. São extremamente detalhistas - Pessoas extremamente sensíveis são as primeiras a perceber os detalhes em um ambiente, os sapatos novos que você está usando ou uma mudança no clima.

6. Nem sempre são introvertidos - Na verdade, aproximadamente 30% das pessoas altamente sensíveis são extrovertidas, deduz. Ela explica que, muitas vezes, pessoas sensíveis que também são extrovertidas foram criadas em uma comunidade onde as pessoas eram próximas, seja um bairro, uma cidade pequena - o que lhes proporcionava interação com muitas pessoas.

7. Trabalham bem em equipe - "De um modo geral, pessoas sensíveis são ótimas profissionais e trabalham bem em equipes devido ao seu pensamento profundo", revela. Porém, talvez se encaixem melhor desempenhando funções em equipes onde não tenham que tomar a decisão final.

8. Estão mais propensas à ansiedade ou depressão - "Se você teve várias experiências ruins, especialmente no começo da vida, você não se sente seguro no mundo ou em casa ou na escola. O seu sistema nervoso está sempre no modo ‘ansioso’", explica. Mas isso não significa que todas as pessoas altamente sensíveis continuarão sendo ansiosas – e na verdade, ter um ambiente de apoio pode ajudar bastante a prevenir isso.

9. Choram com mais facilidade - Essa é uma das características mais óbvias em pessoas com alta sensibilidade, por isso é importante que não se exponham ou sejam expostas a situações em que sentirão vergonha ou onde não é “permitido” chorar facilmente.

10. São extremamente bem-educadas - Além de muito sensíveis, essas pessoas são altamente conscientes. Por isso, provavelmente são atenciosas e agem de maneira educada. Também estão mais propensas a perceber quando alguém não tem consideração pelos outros.

11. Reagem de forma intensa às críticas - A sensibilidade à flor da pele faz com que estas pessoas reajam de forma mais intensa às críticas do que as demais. Como resultado disso, podem usar certas táticas para evitar as críticas, como tentar sempre agradar às pessoas (para que não haja o que criticar), criticando a si mesmas primeiro ou evitando totalmente a origem das críticas.

12. Preferem espaços reduzidos - Da mesma forma que gostam de fazer exercícios sozinhas, os ultrassensíveis preferem ter um cantinho exclusivo para trabalhar. Eliana diz que muitas pessoas extremamente sensíveis gostam de trabalhar em casa ou serem autônomas, porque podem controlar a quantidade de estímulos no ambiente de trabalho. Se isso não for possível, preferem trabalhar em ambientes com pouco espaço, onde terão mais privacidade e menos barulho.

*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »