31/03/2019 às 08h00min - Atualizada em 31/03/2019 às 08h00min

Seja sua melhor amiga!

KELLY BASTOS (DUDI)
Você sabia que, para estar bem precisa se tornar a sua melhor amiga e resolver todos os conflitos internos, que minam a sua realização pessoal? Aprenda a estar do seu lado, sempre!

Leiam esse texto com as dicas que a nossa consultora e psicóloga, Eliana Alves Pereira, nos ajudou a desenvolver, justamente para orientar aquelas que ainda não têm elas mesmas como sua melhor amiga.

A família e seus amigos consideram você uma pessoa boazinha, disposta a ajudar sempre. Mas, numa autoavaliação rápida, você sabe por que se comporta assim?

Sempre dizendo sim, mesmo sem poder? Se for por ter medo de dizer "não" e perder o carinho de todos, alto lá! Melhor rever os seus sentimentos para conseguir colocar-se em primeiro lugar e, fazendo assim, ainda conquistar o respeito de todos. Para reverter a situação, é preciso afirmar os seus interesses e ser assertiva naquilo que acredita, ou seja, dizer tudo com firmeza.

"Você tem de saber se comunicar, falar o que pensa (seja positivo ou negativo) na hora certa e da maneira correta", diz a profissional. "Mas não confunda assertividade com agressividade. Se o que você tem a dizer é desagradável, escolha o momento ideal para não gerar conflitos desnecessários".

"A pessoa assertiva é transparente, fala o que pensa com naturalidade e coloca-se aberta para críticas. Ser assertiva, portanto, compreende aceitar a si mesma, reconhecer os próprios limites e potenciais, e dispor-se a enfrentar o medo da rejeição. É necessário estabelecer seu espaço sem depender da aprovação alheia. A tarefa não é fácil, e nem simples, mas tudo é questão de treino para expressar o que você deseja de forma clara e objetiva, controlando suas emoções e mostrando-se menos submissa".

Se há temas recorrentes e confissões frequentes são as da sensação de abandono, de falta e de carência com origem na infância e que se mantêm, por vezes, até a terceira idade. Mas, o que está na base desta falta e deste vazio? O que fazemos nós para que este espaço seja preenchido ao longo da vida? Continuaremos durante toda uma vida a culpar os nossos pais e familiares por algo que não tivemos, mas queríamos ter tido? Como expressamos o sentimento de abandono? Cobrando e exigindo o impossível do outro? Pedindo mais atenção ou, pelo contrário, dominando e manipulando, usando máscaras sociais de superioridade?

Atitudes como a chantagem emocional, a vitimização, a cobrança para que as coisas sejam do modo que queremos com regras rígidas e egoístas são frequentes quando queremos o que não tivemos. Aliás, todos nós ao longo da vida temos episódios (uns mais frequentes que outros) em que nos sentimos sós, incompreendidos. Outras vezes, a necessidade de agradar e de ser útil em troca de amor, reconhecimento, proteção é tão grande que permitimos de mais e não pomos fronteiras ao outro. Não sabemos dizer não, não queremos decepcionar, desiludir.

Diga não  - "Falar esta palavrinha mágica, não, traz muitas coisas boas. Além de adquirir respeito e defender os próprios interesses, você transmite a imagem de honestidade, já que ninguém pode estar de acordo com tudo o tempo todo. No entanto, uma negativa deve vir acompanhada de uma explicação. Assim você demonstra que conhece as suas prioridades e também respeita o outro", diz a psicóloga.

Como superar -  Acredito que a superação da sensação de abandono não se cura por tentativas (às vezes forçadas) em obter companhia através de casamentos ou relacionamentos de conveniência, mas antes pelo encontro verdadeiro com cada um. Somente quando estiver cara a cara consigo, coração com coração, verdade com verdade, poderá curar e sarar as suas feridas. Ganhe consciência de que é um ser humano, que tal como outro, erra, falha, tem medos e inseguranças.  Acredito que cada um de nós faz e dá o melhor de si, porém nem sempre estamos bem, equilibrados, o que faz com que as nossas manifestações nem sempre correspondam às expetativas do outro.

Então, como se preencher? Simplesmente, goste de si! Cultive a arte de estar consigo! Mime-se! Corpo e alma merecem ser bem tratados. Seja a sua melhor amiga!
Tags »
Relacionadas »
Comentários »