06/03/2019 às 08h32min - Atualizada em 06/03/2019 às 08h32min

Recomeçar

THARLES SANTOS | ADVOGADO PREVIDENCIARISTA
"A vida é uma tempestade, meu amigo. Um dia você está tomando sol e no dia seguinte o mar te lança contra as rochas. O que faz de você um homem é o que você faz quando a tempestade vem."

Há muitas notas que poderia tecer sobre o filme O Conde de Monte Cristo, mas queria me ater a uma delas em especial, a de que a dor e os fatos ruins só nos destroem se permitirmos.

Deus nos deu um grande dom, o da resiliência, e o diabo nos deu um presente grego, a conformação. Podemos aceitar uma situação ruim, podemos aprender a conviver com a mais triste desgraça, mas também podemos nos valer do pouco que temos para aprender, nos fortalecer, crescer e mudar a nossa situação.

Sendo repetitivo, mas com fim educativo: o importante não é o que acontece com você, mas o que você faz com isto. Já dizia o ditado, se a vida te der um limão, faça uma limonada. Há pessoas que redescobrem a vida depois de um câncer ou uma grande perda, mas há outras que na mais grande fortuna, se perdem.

Na vida, enquanto houver vida, há esperança, mas para vivê-la, é necessário gratidão, só os gratos persistem, pois sabem valorar o pouco que tem, e sabem utilizar isto a seu favor. Os ingratos nem se afortunados perceberão quantas saídas têm diante de um desafio.

Deixo este texto para você que sofre, que está num momento ruim, e digo que sempre há uma saída. Mesmo quando "você não acredita em Deus, Ele acredita em você". Na dor, lembre se do grande poeta brasileiro que uma vez disse "recomece pensando grande, não importa onde você parou, e que parte da vida você cansou, o importante é que sempre é possível e necessário recomeçar"
Tags »
Relacionadas »
Comentários »