12/11/2018 às 08h18min - Atualizada em 12/11/2018 às 08h18min

Autoestima no trabalho

KELLY BASTOS (DUDI BASTOS)
Sua falta de confiança tem atrapalhado seu rendimento no trabalho e diminuído suas chances de sucesso? Aprenda como melhorar sua autoestima! No mundo dos negócios, principalmente, a confiança se abala à medida que cometemos erros e aumenta conforme realizamos tarefas e superamos limites. Segundo a psicóloga Eliana Alves Pereira, “a maneira como reagimos a críticas e a nossa capacidade de aprendermos conforme as decisões que tomamos ao longo do dia também interferem na nossa autoestima”.

Se você tem o costume de se comparar com outras pessoas no escritório, busca por aprovação ou validação de chefes e colegas, duvida da sua competência, sente medo constante de perder o emprego ou se acha incapaz de conseguir uma promoção, esse texto pode te ajudar.

Aumentar a confiança e a autoestima no ambiente profissional é possível desde que você esteja preparada a fazer algumas mudanças nas suas atitudes e hábitos diários. Veja as dicas que Eliane Alves deixou.

1. Comece a tomar mais decisões - Para construir sua autoestima, você precisa começar a confiar mais em si. Como? Tomando mais decisões, mesmo que pequenas. Quanto mais decisões, mais confiante ficará em fazê-las. Avalie em cada etapa o que funcionou, o que não funcionou e o que você precisa fazer diferente da próxima vez.

2. Confie nos seus instintos - Muitas vezes, as pessoas precisam da validação de terceiros para sentirem que estão fazendo a coisa certa e esquecem de ouvir sua intuição. Sempre que precisar tomar uma decisão, respire fundo 10 vezes e se pergunte: “Qual é o resultado que eu estou procurando? Qual o passo mais apropriado a partir daqui?” Seja fiel a você. Não deixe o medo te dominar.

3. Diga exatamente o que você quer dizer - Esconder o que sentimos ou pensamos ensina a nossa mente, inconscientemente, que não é correto expressar quem somos ou o que queremos. Com o tempo, a atitude prejudica nossa autoestima e leva a uma comunicação e relacionamentos ruins, seja com clientes, com seu chefe ou colegas de trabalho. Defenda o que acredita e garanta que você se comunique da forma clara e positiva.

4. Faça uma análise SWOT de suas habilidades - A análise SWOT vem da sigla em inglês que significa Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). A ideia é que você avalie suas habilidades e identifique onde estão suas lacunas. A partir daí, fica mais fácil desenvolver um plano de ação para suprir as aptidões que faltam em você com treinamentos, leituras, workshopsAo acabar com essas limitações vai se sentir uma profissional mais competente e capaz.

5. Pare de tentar agradar as pessoas - Se você toma decisões com base no que as outras pessoas gostam ou pensam deixa de lado tudo que te motiva. As pessoas com alta autoestima sabem do que gostam, do que nos gostam e quais ideias aprovam e não têm medo de expô-las.

6. Nunca fale mal de si mesma - Fale de si mesma como se fosse sua melhor amiga: com amor e respeito! Ao falar mal de si, interna ou externamente, você não apenas se desrespeita quanto leva sua autoestima ao chão. É hora de dar um passo em frente e ser a sua maior incentivadora. Comemore cada uma das suas vitórias por menores que sejam. Você – e a sua autoestima – merecem!
Relacionadas »
Comentários »