27/07/2018 às 08h19min - Atualizada em 27/07/2018 às 08h19min

Shaparraw comemora título do Nacional

ALBERTO GOMIDE | COLUNISTA
Foto: Divulgação
A equipe do Shaparraw (foto) começou o campeonato da Liga Nacional de Truco com uma campanha regular. Foi se firmando e terminou a primeira fase mostrando crescimento dentro da competição. Foi bem na segunda fase e se destacou na terceira, quando desbancou o até então invicto e temido Caldas Novas, que estava com aproveitamento de 100% no torneio. Passou nas semifinais, mostrando recuperação nas duas partidas, vencendo uma e perdendo outra, ganhando nas sete mesas. Chegou à final para uma decisão difícil, contra o Internacional de Araguari. Perdeu o primeiro jogo por 22 a 17, mas foi com tudo e venceu o segundo confronto por 22 a 14, levando a decisão do título para as sete mesas. Aí valeu tudo, estava bem e continuava bem, ganhando por 4 a 2, fazendo uma grande festa pela expressiva conquista de campeão 2018 da Liga Nacional. O Independente, também de Uberlândia, ficou com o 3º lugar. Participaram 21 equipes, e campanha do Shaparraw foi a seguinte: 18 partidas, 10 vitórias, 5 empates, 3 derrotas, 375 quedas pró, 321 contra, saldo de 54 quedas, e ganhou 35 pontos. Para o diretor técnico da LNT, Denilson Antônio Silva, o campeonato foi excelente, e na reta final mostrou a força desse esporte em toda a região, com grandes partidas. Denilson Silva será o próximo presidente da Liga Nacional, que tem sede em Uberlândia, substituindo José Evaldo Vieira de Mendonça, o Prozinha, que encerra seu mandato de dois anos com um bom trabalho de integração do truco na cidade e região.
 
Osvaldo e Martins decidem no Caça
 
O Clube de Caça e Pesca Itororó encerra no sábado (28), às 15h30, o Campeonato de Futebol Soçaite Máster, entre as equipes dos bairros Osvaldo Rezende e Martins. O torneio é feito para jogadores nascidos em 1973 (45 anos), com a obrigatoriedade da participação na partida de cinco jogadores nascidos em 1968 ou antes (50 anos). Osvaldo Rezende e Martins chegam à decisão com 38 e 31 pontos no geral, respectivamente. Nas semifinais, Osvaldo Rezende e Segismundo Pereira empataram em 1 a 1, ficando classificado o Osvaldo, por ter melhor campanha, e o Martins derrotou o Bandeirantes Máster por 2 a 0. Para a final, o Martins não poderá contar com o artilheiro Geraldo Magelo de Melo, o Lélo, que está lesionado. Ele marcou 34 gols no campeonato e não pode mais ser alcançado pelo segundo colocado na artilharia, pela grande diferença de gols. Nas quatro fases anteriores, o Osvaldo fez 15 jogos, conseguiu 12 vitórias, 2 empates, 1 derrota, marcou 55 gols, sofreu 11 e obteve 38 pontos. O Martins também fez 15 jogos, 10 vitórias, 3 empates, 2 derrotas, marcou 61 gols, sofreu 26 e obteve 33 pontos.
Relacionadas »
Comentários »