28/05/2018 às 17h20min - Atualizada em 28/05/2018 às 17h20min

Chegando os 40!

ANGELA SENA PRIULI | COLUNISTA
 
Ai ai, essa semana tive uma consulta médica de rotina na qual ouvi que quando chegar meus 40 anos talvez meus olhos não enxergarão da mesma forma. Tá bem! já notei isso, pois parece que meu braço está cada vez mais curto...

Mas será que fazer aniversários só nos presenteia com rugas e preocupações? Qual o impacto positivo da idade em nossa saúde?

Eis o meu desafio: "enxergar" cientificamente, além dos váaaarios problemas conhecidos e descritos, os benefícios que minha caminhada está me trazendo e me sentir ainda mais feliz com a minha idade!

Vamos às evidências:

Maternidade
A idade materna média tem aumentado constantemente nos últimos anos - com a média de 31 anos, e isso não é ruim!

Por um lado, as mães mais velhas correm maior risco de sofrer complicações durante a gravidez e durante o parto do que as mães mais jovens.

Mas, por outro lado, estudos mostram que mulheres mais velhas se preocupam menos durante a gravidez, são mais positivas ao se tornarem mães e geralmente têm uma atitude mais positiva em relação aos filhos. Uma pesquisa recente, com quase 5 mil mães, também mostra que crianças em idade escolar e filhos de mães mais velhas - independentemente da origem, educação e finanças dos pais - têm uma linguagem melhor e têm menos problemas comportamentais, sociais e emocionais.

Por que mães mais velhas, são mães "melhores" de acordo com a ciência (sem desmerecer qualquer idade)? Flexibilidade, tolerância e maturidade emocional aumentam com a idade, contribuindo para um ambiente psicossocial positivo que afeta a educação das crianças. ❤

Sexo

Taí um supermito a ser desconstruído: sexo & envelhecimento.

A boa notícia é que entre um grupo de quase mil mulheres com idade média de 67 anos, foi concluído que embora a frequência de excitação, lubrificação e orgasmo tenham diminuído com a idade, elas relataram uma maior frequência de satisfação com orgasmo. Ponto importante: a proximidade emocional durante o sexo foi associada a excitação, lubrificação e orgasmo mais frequentes. Entre outras conclusões do artigo, a principal é que mulheres idosas sexualmente ativas descobriram que a satisfação sexual aumenta com a idade! Aí sim vemos vantagem, né?!

Bem estar

Tradicionalmente, o envelhecimento tem sido visto como um período de declínio progressivo no funcionamento físico, cognitivo e psicossocial, e é visto por muitos como o "problema de saúde pública número um". Uma pesquisa com mais de mil pessoas, com idade entre 50-99 anos, mostrou que mesmo aqueles com a saúde física debilitada demonstraram a sensação de bem-estar, mas somente se estivessem mentalmente bem - ou seja, tudo depende da perspectiva de cada indivíduo. Assim, fica claro que o tratamento da depressão, por ex, é um passo vital para que não vejamos a idade como um peso, mas sim com mais liberdade mental para ver a vida de modo positivo e empático.

Enfim, a verdade é que ninguém precisa de um mundaréu de evidências científicas que mostrem o quanto é bom viver e viver mais!

Mas, vejam que as vantagens não estão ligadas à performance física, muitas vezes relacionada à capacidade de propagar seus genes.

Quando pensamos em sobrevivência, quanto mais acumulamos aniversários, menos nós precisamos (mas queremos, né?) de uma visão superbiônica ou de uma pele de b*@# de bebê. No entanto, necessitamos de nossos cérebros bem cuidados para nosso bem-estar, e é por isso que devemos investir fortemente neles durante a meia-idade.

#ficaadica

Fontes:
1) Trompeter et al. Sexual Activity and Satisfaction in Healthy Community-dwelling Older Women. The American Journal of Medicine, 2012; 125 (1): 37
2) Trillingsgaard & Sommer. Associations between older maternal age, use of sanctions, and children’s socio-emotional development through 7, 11, and 15 years. European Journal of Developmental Psychology, 2016
3) Jeste et al. Association Between Older Age and More Successful Aging: Critical Role of Resilience and Depression. American Journal of Psychiatry, 2012.
4) David Bainbridge. Evolution has given humans a huge advantage over most other animals: middle age. Washington Post, 2012.
Relacionadas »
Comentários »