07/05/2018 às 13h22min - Atualizada em 07/05/2018 às 13h22min

Na ativa

TANIA MALAMUD | COLUNISTA
Foto: Divulgação
 
O número de idosos no mercado de trabalho vem crescendo no Brasil e de acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o país tem hoje 26 milhões de pessoas acima dos 60 anos. Em 2007, eram 17 milhões e em 2027 essa parcela da população dobrará, chegando aos 37 milhões, ainda de acordo com projeções do órgão. Diante desse quadro, as empresas vêm absorvendo e oferecendo cada vez mais oportunidades a esses profissionais.
 
Vianei Borges Altafin, diretora executiva da Inthegra Talentos Humanos confirma os dados. Segundo a especialista em RH, a demanda cresce por vários fatores. Entre eles, ela cita o senso de responsabilidade que as pessoas mais velhas oferecem, a experiência e a produtividade. Além disso, completa Vianei, “as pessoas que chegam à terceira idade hoje em dia estão em plena vivacidade. Cuidam da mente e do corpo, fazem treinamentos, são extremamente produtivas e valorizam os seus trabalhos”.
 
Na rede de supermercado Bretas, mais de 600 colaboradores têm idade acima dos 50 anos. Dona Sirlei Jesus de Gouveia é um exemplo desse novo mercado e faz parte do time Bretas. A auxiliar de operações tem 63 anos e está na rede há 14 anos. Aos 49 anos ela entrou para a empresa para ocupar a vaga de serviços gerais, mas após surgir nova oportunidade ela passou a fazer parte do setor de operações e hoje trabalha na seção de frios: “Trabalhar me faz bem, me sinto capacitada, útil, feliz e me sinto reconhecida - declara dona Sirlei”.
 
A VEZ DA ESFIHA
 
Um ano após migrar do varejo para o atacado, a fábrica uberlandense de esfihas, Esfiharia, comandada pelo libanês, Walid Charbachi completou um ano.  Com um rigoroso processo de produção, a empresa está aumentando a capacidade da fábrica para ampliar seu atendimento que hoje vem crescendo em padarias, empórios, açougues, postos de gasolina, etc. A ideia agora é aumentar ainda mais a distribuição pelo país para, no futuro próximo, virar franquia.
 
RELACIONAMENTO
 
O diretor de Transformação Digital da Algar Tech, Marco Aurélio Borges Matos, disputa o troféu do Personalidades ClienteSA 2018, que reconhece os executivos que mais se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento do mercado de gestão de relacionamento com cliente no Brasil. O vencedor é escolhido pelo público por meio do site personalidades.clientesa.com.br.
 
MAIS ROBUSTA
 
A Syngenta, empresa de tecnologias para o mercado agrícola no mundo, concluiu a aquisição da Strider, empresa de agricultura digital que desenvolve e comercializa sistemas de software de gerenciamento de fazendas no Brasil. A aquisição aumenta a capacidade da Syngenta de ampliar o valor oferecido aos clientes, por meio de soluções digitais inovadoras para o gerenciamento de informações agrícolas. Em Uberlândia, a Syngenta possui unidade de estações experimentais, centros de pesquisa e desenvolvimento.

PEIXE DE GRIFE NO TRIÂNGULO
 
Responsável pela promoção da indústria pesqueira do estado norte-americano do Alasca, a agência governamental Alaska Seafood Marketing Institute (ASMIBrasil), comemora o crescimento no consumo e representatividade dos peixes do Alasca no mercado brasileiro.
 
Houve registros de aumento de 30% no consumo de pescado  nas edições da Semana do Peixes. As cinco espécies de Salmão Selvagem do Alasca - Real, Vermelho, Prateado, Keta e Rosa -, o Cod do Alasca (espécie Gadusmacrocephalus), a Polaca do Alasca, o Halibut (em português, Alabote do Alasca), as diversas espécies de peixes Solha e o Black Cod ou Guindara do Alasca, fazem parte de um seleto grupo de muito prestígio no mercado gastronômico. 
 
Chefs e restaurateurs de cozinhas internacionais premiadas já são extremamente familiarizados com ambas as espécies, já que se trata de peixes muito sofisticados. Agora a Asmi, estuda um plano de ação para ampliar seus negócios no Triângulo Mineiro.
 
BIG MAC REPAGINADO
 
Uberlândia é primeira cidade de Minas Gerais a receber a loja de novo formato do McDonald's. A unidade, aberta na semana passada, tem painel totalmente eletrônico, arquitetura moderna e tablets nas mesas à disposição da criançada. Além disso, a espera do pedido que agora é por uma senha e não mais em uma fila. Essas mudanças, que deverão chegar às 904 unidades da marca no país em até dois anos, fazem parte da estratégia da empresa para voltar a crescer sobre seus concorrentes. A loja está no Pátio Vinhedos.
 
PREPARADAS

A loja Pão de Açúcar de Uberlândia reforçou seu estoque de flores para atender a demanda do Dia das Mães. É esperado um crescimento de 10% na venda da categoria em relação ao mesmo período do ano passado. Já a Jin Jin, rede de culinária asiática, com duas unidades em Uberlândia, está presenteando desde o dia 1º de maio suas clientes com uma nécessaire. A rede possui 78 lojas distribuídas em 10 estados brasileiros e faturou R$ 150 milhões em 20 no ano passado.
 
ENQUANTO O VOO NÃO CHEGA...
 
O segmento de alimentação se destacou na geração de receitas comerciais nos 54 aeroportos da Infraero, registrando crescimento de 37% no primeiro trimestre de 2018, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Apenas em março, foram 47% a mais de receitas em relação ao mesmo mês de 2017. Foram firmados mais de 60 novos contratos no ramo de alimentação entre janeiro e março, gerando uma receita adicional da ordem de R$ 762 mil, o que representa aumento de 56% em relação ao montante de novas parcerias comerciais no primeiro trimestre do ano anterior.
 
CRESCIMENTO EXPRESS
 
Com o conceito de agilizar o atendimento, a Moderna Esmalteria e Escova Express, que fica no Container Village Uberlândia, na rua Rafael Marino Neto, Zona Sul da cidade, abrirá mais duas unidades ainda em 2018. Com os resultados superando as expectativas, a meta para o ano que vem é franquiar a marca. Em julho, a Moderna completa um ano.
 
VENDA DIRETA CAMPEÃ
 
A Amway foi eleita a maior empresa de venda direta do mundo pelo sexto ano consecutivo. A premiação foi organizada pela Direct Selling News, maior publicação global do setor de venda direta. Com vendas de US$ 8,6 bilhões em 2017, a Amway superou novamente a Avon, segunda colocada no ranking, com aproximadamente US$ 2,9 bilhões a mais em volume comercial.
 
MUDANÇA DE HÁBITO
 

Com as infinitas alternativas digitais, não é de se estranhar que há uma crescente diminuição de consumidores nas lojas físicas. Nos últimos tempos, grandes marcas vêm fechando as suas portas:

- Macy’s fechou 11 lojas e vai fechar mais 19 quando vencerem os contratos
- Grupo Ascena Retail, que opera redes de moda feminina como Ann Taylor, Loft e outras, fechou 250 lojas nos últimos meses
- RadioShack, no passado um dos ícones do varejo de eletrônicos norte-americano, está fechando 1.000 lojas e continuará operando apenas 70 unidades
- Michael Kors está fechando mais de 100 lojas
- Guess fechou mais de 60 lojas no ano passado
- Sears fechou mais 20 lojas no ano passado
- Toys R Us fechou todas as suas unidades.
 
GANHANDO OS CÉUS
 
A norte-americana American Airlines fez um pedido para mais 15 jatos E175 da Embraer, no valor de 705 milhões de dólares.
 
NINGUÉM SERÁ POUPADO
 
A varejista Walmart fechou cinco lojas no Brasil nessas últimas semanas. Três delas no Rio Grande do Sul. Além disso, demitiu funcionários da área comercial e administrativa. Contando os cortes no varejo e na sede, o total de demitidos chegaria a 300 profissionais, segundo fontes.
Relacionadas »
Comentários »